O Grande Peso do Bloco

Número de Vereadores do Bloco a nível nacional (entre os 2048 já atribuídos)

Bloco de Esquerda

Em Câmaras o resultado foi ainda mais relevante:

Zero

Assim se percebe porque é que o Bloco comanda a agenda nacional.
Não, espera… Como?

Anúncios

19 thoughts on “O Grande Peso do Bloco

  1. AB

    O Bloco de Esquerda tem presença nula nas autárquicas, maior nas legislativas e ainda maior nas europeias.
    Assim de improviso eu diria que quanto mais longe mais o pessoal gosta deles.

  2. André Miguel

    É como diz o Lucklucky, é só por causa do jornalismo marxista. Ao qual eu acrescento ainda uma certa esquerda caviar, pseudo-cosmopolita, que abunda pela capital. No resto do país são uma completa nulidade.

  3. Mario Figueiredo

    E com 0,6% do número total de vereadores no país e com 0 câmaras, andava ontem à noite todo entretido a comentar os resultados dos outros partidos. Assim tipo como quem ainda acredita que tem alguma coisa a dizer.

  4. Pretender que a influência política é mensurável exclusiva ou maioritariamente pelos resultados eleitorais é de uma ingenuidade atroz.

  5. Bloco de Esterco, sub-produto do “progre” telelixo doméstico, publicitado, frenética e histericamente , até à exaustão..
    Há uma “microlândia” (indigentes mentais que se têm em alta conta) que compra…coisas de moda urbana…

  6. “Assim se percebe porque é que o Bloco comanda a agenda nacional.”

    Vou dizer algo que provavelmente vai surpreender o Ricardo Campelo Magalhães e a maior parte dos comentadores – estas eleições de onteontem foram para decidir agendas locais, não a agende nacional.

  7. lucklucky

    “…estas eleições de onteontem foram para decidir agendas locais, não a agende nacional.”

    Tão inocente. Quanta vezes não ouviu um jornalista na TV a não falar do bons resultados do governo apesar da dívida não parar de aumentar ou de o crescimento não ter nada que ver com o governo?

  8. Curioso raciocínio. Isso significa que a Cristas deveria ter três vezes menos peso politico e mediático do que o Jerónimo. (em relação às últimas legislativas não se faz ideia, porque o CDS estava diluído, mas seria interessante… )

  9. São mais perigosos que o PCP, pois toda a a sua agenda é apoiada na escola de Frankfurt e na doutrina de Gramsci , devem ser desmascarados diariamente e exploradas as suas contradições de marxistas teóricos, mas capitalistas nos gostos.

  10. Acho curioso alguns comentários pretenderem saber o que eu sinto relativamente aos resultados eleitorais. Catarse? Azia? lol.

    Bem, quanto aos comentários mais votados, são de facto verdade: o Bloco tem a força do jornalismo e das universidades. Mises explica: intelectuais sem utilidade que, como não conseguem obter no mercado as remunerações que acham que merecem juntam-se em blocos de pressão para formarem clientelas e viverem à mama do que escrevem.
    Nada que não esteja descrito há cerca de 100 anos, mas ainda assim deplorável como é que agenda de uma sociedade evoluída é marcada por gente desta, que 99% do país não elege mas que se alara como se o seu modo de vida dependesse disso.
    E sim, eu sei: acaba por depender mesmo!

  11. Gabriel Orfao Goncalves

    Os resultados eleitorais são obviamente uma “construção social” (cf. Grande Dicionário do Disparate do Prof. Boaventura Cheio de Bolsas que bolsa o imbolsável), sujeitos a várias interpretações, todas legítimas – desde que sejam marxistas, revolucionárias, e visem contruir o homem novo do tempo novo (embora o provavelmente não licenciado Prof. Doutor Nóvoa tenha desaparecido em circunstâncias mais misterioresas do que D. Sebastião…).

    Os 12 vereadores do BE valem mais do que os outros todos, porque esses vereadores cantam os amanhãs que cantam outros amanhãs, e porque têm lá os homens novos, mesmo que sejam mulheres-homens de meia-idade, daquelas que se esganiçam porque o turismo está a expulsar (sic!) as pessoas do centro das cidades, ao mesmo tempo que são incapazes de defender o aumento do IVA das dormidas nos hotéis (6%!, quando o do papel higiénico é de… 23%!) – ao menos para pagarmos mais depressa a dívida aos agiotas…

    Enfim, uma dúzia de esquerdóides que não valem a cabeça de um fósforo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s