-0,07%

Evolução PSDDepois de tanto ouvir sobre a morte política anunciada do Passos, fui fazer um breve cálculo sobre a evolução nas capitais de distrito, com os resultados disponíveis às 2:30.

Das 20 capitais de distrito, o PSD tinha 8… e ficou com 8.
Em 20, subiu a votação em 9 e desceu em 11.
Nas 20 câmaras, a média simples de votos era de 31,89%. Nestas eleições até agora foi de 31,82%. Uma queda de 0,07%.

Se Passos poderia ter feito melhor? Claro que sim.
Se Passos está morto? Manuela Ferreira Leite e os seus companheiros de caminhada bem gostariam, mas a morte de Passos foi, mais uma vez, prematuramente anunciada.

Anúncios

6 thoughts on “-0,07%

  1. Rodolfo

    A análise deve ser pesada. Não é assim que se faz. Parece as contas do défice.. Lisboa e Porto não contam o mesmo que Bragança.

  2. Gabriel Orfao Goncalves

    Para os socialistas e para a comunicação social, tudo o que não seja Lisboa não é Portugal.

    Lisboa é Portugal e Portugal resume-se, para estas mentes duodenais, a Lisboa.

    O Medina ganhou em Lisboa? Então o povo passou um atestado de confiança ao PS.

    Ontem, nos painéis de comentadeiros televisivos, estava todo o esgoto intelectual do país.

    Esta gente só aprende quando o BCE deixar de nos comprar dívida a preço de favor.

  3. Sendo que a burra coxa gerigonçona ainda só se passeia com as cangalhas a abanar de vazias, de notar que Passos Coelho é osso duro de roer.
    É hora de os contestatários caseiros se chegarem à frente e encostarem a barriga ao balcão para ir a jogo.
    Aguarda-se entre outros que Manuel Ferreira Leite entre na marcha para mostrar serviço seja como mandante ou mandatária.
    O líder do PSD terá arriscado nos limites com a consciência de que o caldo podia entornar, e preparado para tudo assumiu corajosamente esse risco.
    Passos Coelho, um homem integro pouco dado a contorcionismo de caserna não vai entrar em golpes manhosos.
    Tendo as suas ideias e carregando as suas convicções, tem também a consciência que não é dono do partido.
    Assumindo a situação vai sustentar que seja a S. Caetano a decidir a forma de encontrar novo líder se essa for a vontade geral do agrupamento.
    Provavelmente vai assistir de pantufas à chegada de nova aflição ao país conduzido pela estrela iluminada por baterias de candeias que continuam a fumegar.
    Depois de pagar as favas da caldeirada que lhe legaram, lá será outro no seu lugar a banquetear-se em molho picante com doçura a gosto e ao momento quando a traquitana se despistar.

  4. nestas eleições votaram sensivelmente mais 150.000 pessoas do que em 2013. Curiosamente, o PS subiu mais 150.000 votos desde 2013 enquanto que o PSD perdeu mais de 2.000 votos.
    Porque razão o PSD não conseguiu obter votos com a redução da abstenção?

  5. Pingback: o barco do Partido Social Democrata Português - Gerson Ingrês

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s