Caixa negra

Apesar de ser o banco português que mais custos impôs ao contribuinte, foi contra a vontade do governo e dos partidos que o apoiam que se iniciou a Comissão Parlamentar de Inquérito à Caixa Geral de Depósitos. Iniciada a comissão, os partidos da Geringonça fizeram os possíveis para limitar o período e o âmbito da análise. Um dos elementos fundamentais da Comissão Parlamentar de inquérito teria sido perceber onde é que a Caixa perdeu os tais 5 mil milhões de Euros que agora serão suportados pelos contribuintes. Importava saber a quem tinha sido emprestado este dinheiro no período anterior a 2011 e porquê que foi emprestado. No mínimo estaríamos perante incompetência e falta de cuidado. No máximo, perante um enorme esquema de corrupção que desviou dinheiro da Caixa para empresas amigas do regime.

O que aconteceu exactamente nunca saberemos. E não saberemos porque quando foi pedida a lista destes devedores, a CGD, o governo e o Banco de Portugal recorreram para os tribunais para a esconder. O tribunal deu razão aos deputados do PSD e CDS e obrigou a CGD a divulgar a lista de devedores. A CGD, o governo e o Banco de Portugal recorreram para o supremo tribunal de forma a ganhar tempo. Correu bem. Antes da decisão do Supremo obrigar a CGD a divulgar a lista de devedores, os partidos da Geringonça trataram de encerrar a Comissão Parlamentar de Inquérito sem sequer ter o relatório final aprovado e antes da decisão do supremo. A decisão do Supremo veio hoje: o processo foi arquivado porque a Comissão parlamentar de inquérito foi encerrada. Jamais saberemos para onde foram os 5 mil milhões de Euros que agora os contribuintes irão pagar. E sabemos a quem podemos agradecer por isso.

Anúncios

17 thoughts on “Caixa negra

  1. Pergunta:

    Onde andou o PSD e o CDS nos últimos anos que esteve no Governo?
    A dormir em relação a CGD?
    Olhou para o lado?
    Como accionista não quis saber das contas?
    Quando fez o aumento de capital 1.500.000.000€ não perguntou do porque?

    “Importava saber a quem tinha sido emprestado este dinheiro no período anterior a 2011 e porquê que foi emprestado”

    “O Governo de Passos Coelho teve na sua posse, durante seis meses, dois pareceres da Inspecção-Geral das Finanças que apontavam para um agravamento das imparidades da Caixa Geral de Depósitos (CGD) mas só os despachou em vésperas das legislativas do ano passado.”

    “Estes relatórios referiam-se ao período em que foi efectivada a recapitalização da CGD decidida por Vítor Gaspar em 2012 e que Maria Luís Albuquerque levou a cabo, tendo este procedimento incluído uma injecção de capital de quase 1.500 milhões de euros.

    Paralelamente, no terceiro e quarto trimestres de 2014, os relatórios da Comissão de Auditoria davam já conta de um aumento das imparidades registadas pelo banco público. Ainda que estes documentos tenham chegado ao Parlamento, durante a Comissão de Inquérito, a maior parte da informação foi rasurada.”

    http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/banca—financas/detalhe/governo-passos-so-despachou-relatorios-sobre-imparidades-na-cgd-a-15-dias-das-eleicoes

  2. RROCHA andaram todos a dormir, mas o sono do PS não foi de 1.5 biliões, foi de 5 biliões.
    De qualquer modo se este governo – ESTE – quisesse, saberíamos quem mandou a CGD abaixo. Pode culpar o PSD mas por este silêncio não. ESTE ENCOBRIMENTO É DA RESPONSABILIDADE DESTE GOVERNO.
    E aliás é um segredo de polichinelo, a lista dos credores existe, foi publicada na imprensa com valores e tudo, tanto com o Sr. Berardo no BCP, mais tanto com o Sr. Fino na CIMPOR, mais a La Seda, mais Vale de Lobo, mais o Grupo LENA, etc.. Até diz quem eram os socialistas que lá mandavam na altura.

  3. Sr AB

    De uma vista por este artigo e conte quantos dos envolvidos são “cor de rosa” e “cor de laranja” e as alturas em que foram lançados os concursos.

    E mais se o PSD/CDS realmente quisessem descobrir o que se passou não andavam a brincar as comissões de inquérito sobre “sms” e afins, mas como Pedro Passos Coelho diz que vai ser 1º ministro em 2019 pode criar uma nova comissão e descobrir a verdade.

    http://observador.pt/especiais/11-grandes-devedores-da-caixa-cinco-estao-em-liquidacao-e-outros-quatro-nao-pagam/

  4. A atençao do Sr. Carlos Guimarães Pinto

    Onde se lê
    ” A CGD, o governo e o Banco de Portugal recorreram para o supremo tribunal”

    deixou de fora a CMVM

    “Esta decisão surge depois da CGD, o Banco de Portugal, o Ministério das Finanças e a CMVM terem recorrido da decisão do Tribunal de Relação de Lisboa.”

    https://eco.pt/2017/09/18/supremo-arquiva-processo-da-lista-de-devedores-da-cgd/?utm_term=Autofeed&utm_campaign=Echobox&utm_medium=Social&utm_source=Twitter#link_time=1505760875

  5. E assim se dá sumiço a 5 mil milhões, sem deixar rasto. Há que admitir, são ladrões com alguma competência. Até o Vara, que foi condenado, anda à solta e ninguém o enjaula.

  6. Sr. RROCHA, tem razão. A CGD tem sido o mealheiro do regime, e todos lá estão enfiados. O que não muda uma vírgula ao que escrevi – este governo tem uma maioria parlamentar, podia, se quisesse, divulgar, escolheu esconder.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s