O confisco da morte

Responsabilidades

Quando os jornais tinham relevância, sabíamos das mortes pelas páginas da necrologia, ou simplesmente pela conversa da vizinha. O anúncio da morte não era algo que estivesse na disposição do burocrata, ou que tivesse de ser interpretada ao abrigo de uma qualquer novilíngua processual. Agora, as mortes são anunciadas pelo Ministério Público, e estão sujeitas – pasme-se – a “segredo de justiça”. Alguém me explica qual a razão jurídica que justifica que o anúncio da morte possa ser confiscado e silenciado?

Saber a real dimensão do desastre de Pedrógão, para lá das minudências burocráticas ou do newspeak orwelliano que pelos vistos capturou os poderes tradicionais do nosso sistema democrático, tornou-se um imperativo de liberdade. O jornalismo tem uma boa oportunidade para mostrar aos cidadãos que, perante a captura dos poderes tradicionais, enredados num duplopensar completamente oco, ainda tem capacidade de ser Quarto Poder, vital para o saudável funcionamento de uma sociedade livre.

Anúncios

4 thoughts on “O confisco da morte

  1. André Miguel

    Não faltaram avisos de que Costa Segundo seria bem pior que Sócrates. E quando a pancada chegar ao bolso dos portugueses é que vão perceber o quão pior será.

  2. O jornalismo tem aqui a oportunidade de mostrar se quer ser inclusivo ou extractivo. Tem aqui a verdadeira oportunidade de fazer saber que está cá para fortalecer a democracia ou se está sabujamente ao serviço de uma oligarquia nojenta.

  3. JP-A

    Duas denúncias públicas no jornal das 8 da TVI pela empresária:

    – Há pessoas com informação mas com medo do poder autárquico
    – Há um conjunto de [5?] pessoas mortas só encontradas posteriormente à divulgação do número de 64 mortos (uma delas uma semana depois)

    Não sei qual delas é mais grave.

  4. JP-A

    “quando a pancada chegar ao bolso dos portugueses é que vão perceber o quão pior será.”

    Espero que a direita desta vez não assine nada.
    Eles que resolvam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s