Quantas pessoas morreram na tragédia de Pedrogão Grande? (2)

“…é este o número validado pelas autoridades competentes…”

Anúncios

11 thoughts on “Quantas pessoas morreram na tragédia de Pedrogão Grande? (2)

  1. JP-A

    E vai ser só disto daqui para a frente. É ver como hoje quando interpelado sobre os mortos ocultos também fugiu às perguntas da mesma maneira.

    Ele no fundo não quer governar, só quer mandar.

  2. JP-A

    Para quem não reparou, o PM não disse que são 64 mortos, tal como Santos Silva há dias não disse que Portugal aprovava ou desaprovava sanções à Venezuela, escudando-se atrás de “o assunto não foi [oficialmente] discutido na UE”. Isto chama-se mentira na forma de meia verdade. Fizeram exatamente o mesmo quando compararam o roubo de tancos com outros, incomparáveis.

    Aquilo que o PM disse foi “creio que”. Esta linguagem, escorregadia e programada, chico-esperta, é muito interessante, porque parece dizer uma coisa mas ressalva-se para o caso de correr mal. O Governo, em vez de governar, coordenar, e apurar sem margem para dúvidas, assumindo as inerentes responsabilidades, deixa para outros, que por acaso estão sob a sua tutela, referindo-se a eles como entidades estranhas nas quais acredita, confia e de que ouviu dizer umas coisas. Se for sobre o défice, o facto é lei taxativa, e a fonte da virtude fica imediatamente identificada.

    E quando é oportuno, ouve “dita cigana” e tranforma-o em “cigana”, que dá mais jeito para de modo totalmente emporcalhado omitir o modo como uma senhora é deselegantemente tratada, se calhar dentro de partidos que as gentes nem sequer imaginam.

    Isto é o tipo de gente a que não se pode confiar sequer um condomínio.

  3. Se os geringonços pudessem : no 11/set 2001 as pessoas que se atiraram das torres gémeas não seriam consideradas como vitimas de terrorismo mas sim como suicidas. Mentir, manipular e enganar é o lema da geringonça

  4. As habilidades do encosta.
    Mudam as regras conforme as conveniência.
    Por exemplo se fosse ele a contabilizar o número de mortes num arranha-céu devorado pelo fogo, o kerido líder não contava os que se atiravam pelas janelas, os que morriam nas escadas por quedas, os que faleciam nos hospitais, etc.
    Mas se lhe interessasse até os ascendentes que morriam por tosse 8 dias depois do incêndio eram contabilizados,
    Um manhoso

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s