Porto é a cidade portuguesa candidata a sede da Agência Europeia do Medicamento

Há apenas algumas semanas, o primeiro-ministro, e ex presidente da Câmara de Lisboa, António Costa garantia que Lisboa era a única cidade portuguesa com capacidade para receber a Agência Portuguesa do Medicamento. Segundo os centralistas, mais nenhuma cidade tinha escolas, capacidade hoteleira ou aeroportuária para receber a Agência Europeia do Medicamente. Hoje, o Conselho de Ministros concluiu que a melhor opção afinal era o Porto. uma cidade que nem merecia ser ponderada há algumas semanas acabou, depois de uma avaliação aprofundada, escolhida como a melhor opção.

Não é uma vitória para o Porto (que não terá a Agência de qualquer forma), é uma vitória para o país que aprendeu que vale a pena protestar em vez de aceitar decisões tomadas por políticos centralistas que conseguem ao mesmo tempo rebentar com a capital e desertificar o resto do país. É uma lição para o futuro, para que decisões como esta não sejam tomadas sem concurso público, sem ouvir todos os interessados.

Anúncios

8 thoughts on “Porto é a cidade portuguesa candidata a sede da Agência Europeia do Medicamento

  1. JP-A

    É tão lindo o amor pelo Porto, pelo boicote de uma década de renovação do Bolhão, pela inauguração do túnel do Soares dos Reis empatado às portas das eleições porque os pópós faziam barulho, pelos 1500 milhões do QREN que foram parar a Lisboa onde era presidente de câmara um tipo qualquer, que até dá vontade de chorar de tanta emoção. Dediquemos um pequeno texto, então, ao senhor.

    http://oreivaivestido.blogspot.pt/2012/10/red-bull-air-race-o-naufragio-de.html

  2. Compreendendo a pedagogia do seu escrito devo no entanto dizer-lhe que lhe faltou acrescentar que a cidade do Porto não anda a restos, ou seja, não come os restos nem os despojos de uma capital que mais não é do que um cancro que espalha a sua metástese ao resto do país. E isto escrito sem qualquer bairrismo saloio de alguém que escreve a partir do Porto.

  3. Como em Lisboa só há FP’s e sedes de empresas, que tal o Ministério da economia no Porto? O da Agricultura em Santarém, o da Juventude em Braga, o do Turismos em Faro?

    Isso propôs o Santana Lopes, nem teve tempo de assinar, foi despedido pela imprensa e pelo Sampaio sem justificação plausivel.

    Mas o povo aplaudiu.

    O povo agora aplaude um vigarista (acho que são todos, mas enfim) aplaude 64 mortos, aplaude os roubos militares e aplaude as férias do PM.

    Aplaudam, clap clap clap, a parede está ai e sei porque tive acesso ao exame de português do 12º anos e como tal, sei onde está a parede.

  4. Oscar Tini

    O choradinho portuense, têm melhores acessibilidades, melhores auto-estradas várias pontes a ligar Gaia ao Porto… E como sempre conseguem tudo o que querem, Vejam lá se defenderam que a Agência fosse para Coimbra no centro do país. E querem a regionalização para quê para deixar o interior mais esquecido e ostracizado?

  5. OSCAR TINI,

    Não refuto as qualidaes de Coimbra, nem do Porto ou Lisboa,

    Mas em vez de defender Coimbra injuriando os restantes é mau caminho.

    O que devia ter feito era dizer quais as qualidades da Cidade para receber o investimento. Sem perder tempo, aqui vai um argumento:

    “Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra – Hospital Geral ”

    Vocês têm isso, mas em vez de dizer, eu tenho coisas válidas, você denigre os outros.

  6. Afinal é o Porto que tem melhores infraestruturas! choraram durante tantos anos as verbas que têm sido atribuídas a Lisboa, deviam agora assumir que essa injustiça lhes estava a tirar a possibilidade de receberem a agência.
    Mas não! estão a assumir que foram eles e não Lisboa, os beneficiados!!!
    Loool!

  7. Oscar Tini

    Filipe Costa em que sentido afirmar os factos da cidade do Porto ter melhores infra-estruturas é injuriar… Anda para ai uma confusão. Só referi o choradinho ou isso é mentira? Já com a regionalização é a mesma história… Volta e meia sempre que querem dinheiro fazem este teatro… Vês o pessoal de Coimbra fazer isso? É claro que não.

  8. A mudança de Lisboa para o Porto parece-me simplesmente o tacticismo de alguém que percebeu que a AEM não viria para Lisboa e tenta ainda rentabilizar o tema (com ou sem conselho de focus group).
    Da próxima vez, será igual…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s