O roubo de Tancos e o “regular funcionamento das instituições”

Cinco comandantes demitidos na sequência do roubo de armas em Tancos

O Chefe do Estado-Maior do Exército decidiu exonerar cinco comandantes para não interferirem nas averiguações, na sequência do roubo das armas, em Tancos. E não lhe passa pela cabeça demitir-se.

Tancos: oficiais em protesto vão depor espadas à porta da Presidência da República

O Expresso teve acesso ao email que convoca a manifestação. O plano é começar com uma concentração às 11h30, em frente ao Monumento aos Mortos, na zona da Torre de Belém, e depois seguir em marcha silenciosa em direção ao Palácio de Belém. Aí, os oficiais deverão depor simbolicamente as suas espadas, perante a residência oficial do Presidente da República, que é o comandante supremo das Forças Armadas.

O protesto visa diretamente Marcelo Rebelo de Sousa, cujo silêncio sobre este caso se prolonga desde que foi noticiado o roubo, na quinta-feira, mas tem como alvos principais o ministro da Defesa, Azeredo Lopes, e o CEME, Rovisco Duarte, que anunciou a exoneração dos cinco comandantes em direto numa entrevista à RTP, sem antes ter contactado os visados.

As instruções para os manifestantes são rigorosas: de acordo com o email que começou a circular esta segunda-feira, os oficiais não devem fazer declarações à imprensa e devem apresentar-se fardados, com o “uniforme nº1, sem condecorações, só com os crachats de especialidade”, para além de levarem as espadas, que simbolizam o comando de oficiais.

Note-se que não é comum os oficiais das Forças Armadas manifestarem-se fardados. Nas ações de protesto convocadas pela Associação dos Oficiais das Forças Armadas, esta organização opta, em regra, por manifestações à civil. Mas a ação da próxima quarta-feira não está a ser convocada por qualquer organização formal, mas por oficiais que espontaneamente decidiram reagir contra a “ignomínia” de que estão a ser alvo os cinco militares exonerados.

Anúncios

11 thoughts on “O roubo de Tancos e o “regular funcionamento das instituições”

  1. JP-A

    Escrevi isto aqui há quarto dias:

    “Para memória futura:

    Costa vai queimar tudo à volta de modo subliminar, nada mais importando do que ele, sustentado pelo poucochinho aconchego, o suficiente para continuar a ter apoio. Metade já está feito e a ministra já está na brasa sozinha. Vai deixar passar o tempo e quando chegar a altura de os queimados (que andou a fazer de conta que defendia de ataques que praticamente não existiam e que ele próprio em boa medida criou para usar como sarna para se coçar) se aperceberem que foram cozinhados na praça pública e os relatórios saírem, já vai ser tarde para acontecer o que tem de acontecer quando as comadres se zangam. É muita a [má] experiência.”

  2. JP-A

    Aquilo a que assistimos é à bandalheira e à desagregação total de toda a estrutura que sustenta a autoridade e a segurança do Estado, das relações entre autoridades e departamentos, não restando já mais do que um PR totalmente descredibilizado, atónito, comprometido com o seu foclore e muito bem aldrabado por uma máquina pessoal cujos tiques disfarçados de grandes qualidades são já conhecidos há muitos anos. Bem podem arrastar-se todos como muito bem entenderem, que já não enganam ninguém atento além fronteiras. O PM foi de férias, a senhora da administração interna de férias está, e o comissário-regulador desencantado para encarregado dos militares está como há de ir. Só falta agora darem cabo da PSP. Como diria o nossso sócrates, porreiro pá!

  3. JP-A

    Para memória futura:

    Aposto que a esquerda desta vez não vai gostar de manifestações ditas “espontâneas” e vão tentar uma reunião para acarinhar os militares. Se não der, aparece o Costa Concórdia a fazer uma declaração apelando ao sentido de estado ou de patriotismo, ao diálogo e/ou à disponibilidade do governo para ouvir as partes e chegar a uma solução. E são meninos para utilizarem o PR para o fazer.

  4. O sr. Rovisco não é aquele que foi para lá porque o anterior foi demitido por causa daquela coisa da homossexualidade no colégio militar?

  5. ABC

    Não sei o que irão desencantar agora para desviar as atenções. Tem de ser algo em grande. Talvez prendam finalmente o Sócrates e o DDT?

  6. Agora finalmente vão aparecer as ‘provas’ que o Benfica comprava os árbitros e paga as despesas dos membros do conselho de disciplina…Assim o Zé preocupa-se com o futebol e esquece-se do resto. Eles bem que esperaram pela conquista da Taça das Confederações.

  7. Eccccccc

    Face à atitude das cúpulas das forças armadas/ministério da defesa, resta a estes militares serem defendidos pela Autoridade Nacioal de Protecção Civil, entidade que recentemente deu provas de ser um grande exemplo de coordenação e segurança..

  8. Lamento chamar a atencao para o obvio, mas os comandantes militares sao os responsaveis pelos quarteis. O roubo e’ primeiro que tudo, uma falha grave da parte deles. Ou isto e’ so’ vestir fardas e passear de espada em punho ?

  9. Gabriel Orfao Goncalves

    Entretanto o Sr. Primeiro-Ministro, António Costa, foi… de FÉRIAS!

    Está cansado, com certeza!

  10. Deixemo-nos de anedotas quando é visível a olho nu que o Sr. Presidente da Republica foi nas miseráveis situações de Pedrógão e Tancos o primeiro a apressar-se a debitar na salvaguarda de um governo desgovernado.
    Ainda agora deixa que o espertalhão de sempre passe sem levar uma traulitada?
    Desta vez está a deixar que a poeira assente e a onda de calor arrefeça para não se deixar chamuscar feito barrote queimado.
    Até o deixam dar-se ao luxo de não comparecer na reunião agendada com os comandos militares e parece que participada por Marcelo e o seu inimaginável ministro.
    O que devia ter sido feito para começar ficou para o fim, mas já com o cu apertado.
    O aconchego ao governo e ao seu chefe vindo de cima avançou sempre primeiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s