Imposto É Roubo

Por muitos argumentos e justificações que se apresentem (“é o preço a pagar uma sociedade civilizada”, “é o modelo de sociedade que temos”, “a maioria concorda”, “a constituição assim o diz”, “se discordas, muda de país”, “mas sem o estado, quem construiria as estradas?”), há que reconhecer e denunciar os impostos por aquilo que são: a apropriação de forma coerciva e ilegítima por parte estado de uma parcela da propriedade dos cidadãos.

É hoje geralmente aceite que todo o nosso rendimento pertence ao estado e que o estado é magnânimo ao ponto de nos deixar ficar com uma parte. Nem gera grande sobressalto que o trabalhor português em média trabalhe quase metade do ano apenas para cumprir com as suas obrigações fiscais.

Assim, recomendo a visualização deste vídeo da audição de Toine Manders , fundador do partido libertário holandês, sobre evasão fiscal.

Anúncios

2 thoughts on “Imposto É Roubo

  1. André Miguel

    Claro que é. Antes de virem confiscar com a desculpa esfarrapada de me prestarem serviços “públicos” deviam perguntar se eu quero esses serviços. Tudo deve assentar na liberdade de escolha. Sempre que cada um fica coercivemente sem uma parte do seu trabalho está a ser roubado. Porque diabos se for o Estado a fazer isso já não é roubo?!

  2. O estado não providencia nada. Tudo o que o estado “dá” provém de impostos tirados aos contribuintes. Como o estado retém uma parte significativa desse dinheiro para pagar a máquina redistributiva, o rácio entre o que é retitado e reposto é sempre a desfavor do contribuinte. Sempre.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s