62 mortos depois, altera-se a cartilha do Bloco de Esquerda

Incompetência do Governo não pode encontrar justificação na meteorologia

Anúncios

14 thoughts on “62 mortos depois, altera-se a cartilha do Bloco de Esquerda

  1. Não é altura para rir. Mas… há quem leve esta gente a sério. Tão a sério que lhe dão direito a fazer a revolução nas ruas e paz onde sentam rabo. Sem se chamuscarem.

  2. Miguel Alves

    Isto dá para resolver de forma fácil fácil com a criação de um novo Imposto sobre a chuva.
    Depois do estado recolher os devidos impostos a cobrar aos habitantes com maior precipitação nas suas casas, carros, e guarda chuvas, “canalizava” os recursos para a prevenção de fogos.

    Com esta medida, dá para criar dois novos instituto de observação de fogos (em Lisboa) cujos directores / adjuntos e outros serão da família da malta do PS, compra de aviões, e ainda sobrará algum dinheiro para propaganda.

  3. JP-A

    A catarina está a especializar-se como o Costa em falar sem dizer nada. Antes eram tudo conclusões, mas agora é do género “é preciso saber”, “deve-se esclarecer”, “penso que”, etc.

  4. JP-A

    Há uns tempos a Marissa Mayer levou uma de um dos associados do Yahoo que foi mais ou menos asssim: “you look good, but…”

  5. Se perante esta tragédia ( inoperância da protecção civil, autoridades a enviar por engano condutores para a estrada da morte, sistemas comunicação que não funcionam, resposta tardia aos pedidos de auxilio etc) a culpa morrer solteira, então somos mesmo lixo, mas lixo humano. Esta tragédia tem que ser escalpelizada doa a quem doer. Os jornalistas que façam o seu trabalho, os políticos e os tecnocratas que apurem responsabilidades próprias ou alheias. Mas que não venham pedir silêncio, e que não nos peçam para seguir em frente como se não se tivesse passado nada. Tenham respeito por quem morreu e apurem responsabilidades.

  6. Só um povo infantilizado, ignorante e mentalmente indigente aceita que semelhante bípede, aparentemente do sexo feminino, faça de “deputada” naquilo que , por cá, passa por “parlamento”…
    Realmente o outro tinha (tem) razão :biblicamente estúpidos.

  7. André Miguel

    JC, espere sentado. 3 falências em 3 décadas pelos mesmos de sempre e este povo, qual burro de carga, nem de um coice é capaz (como diria Guerra Junqueiro).
    Se mesmo depois disto, o tuga não for capaz de dar um murro na mesa, então estamos mesmo condenados à maior das misérias. Num país com amor próprio qualquer politico que ousasse visitar o local da tragédia só podia ser recebido à paulada, como somos Portugal aceitamos abraços…

  8. Quanto à cartilha, é definitivamente marxista – “Estes são os meus Princípios, e se não concorda com eles…bem, tenho outros”.
    Marx (Groucho).

  9. Gabriel Orfao Goncalves

    expresso.sapo.pt/sociedade/2017-06-18-Estaremos-condenados-a-ver-as-tragedias-repetirem-se-

    de que destaco

    «…este fim-de-semana boa parte da rede de comunicações de emergência falhou no momento mais crítico porque o SIRESP (parceria público-privada que gere a Rede Nacional de Emergência e Segurança) depende em parte de antenas e estas (tal como as dos telemóveis) podem arder e arderam de facto.»

    Onde é que anda a Catarina a indagar como é que isto pôde acontecer?

  10. Gabriel Orfao Goncalves

    h t t p s : / /
    sol.sapo.pt/artigo/568580/governo-alertado-para-ameaca-de-inc-ndios-de-risco-elevado-desde-maio

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s