A perda da narrativa da esquerda

constantinoRodrigo Constantino, na Isto É faz um excelente retrato da Hipocrisia da Esquerda Brasileira (e mundial) e da decadência moral que ela actualmente passa.
Excerpto:

A extrema esquerda vive dias de profunda angústia. Não é mais capaz de lotar as ruas com seus protestos, mesmo colocando show grátis de septuagenário da MPB e artista global para bater selfies. Só chama a atenção mesmo quando adota a estratégia do quebra-quebra, com a convocação paga com mortadela dos marginais ligados aos sindicatos e MST.

Essa decadência se deve em parte ao avanço das redes sociais, que permitem a exposição da hipocrisia dessa turma de “intelectuais” e artistas engajados, antes protegidos pela hegemonia esquerdista na imprensa. Agora, com direito ao contraditório, fica evidente a perda da narrativa desses socialistas, que sempre viveram só de narrativa, já que seus resultados foram invariavelmente terríveis.

Como essa extrema esquerda pode, por exemplo, gritar por “Diretas Já”, se defende o regime de Maduro na Venezuela ou mesmo Cuba, a ditadura mais longeva e opressora do continente? A democracia e a “vontade do povo”, como podemos perceber, não passam de um engodo, um slogan bonito para enganar trouxas – os que restaram.

Que tal o combate à corrupção, a velha bandeira da ética? Como alguém vai fingir que condena a corrupção se poupa Lula, o chefe da quadrilha petista, a quem Joesley Batista, da JBS, diz ter dado US$150 milhões na Suíça? Essa bandeira está completamente esgarçada. A extrema esquerda é conivente com o crime, desde que o criminoso também seja da esquerda radical.

Anúncios

11 thoughts on “A perda da narrativa da esquerda

  1. Anticapitalista

    Agora o Lula é de esquerda. Socialista.
    Intelectual (entre aspas).
    Extrema esquerda até.
    E refere-se a hegemonia esquerdista …
    Ainda vem o Maduro da Venezuela e a ditadura mais longeva e opressora do continente para referir Cuba.
    Esta foi, em parte, a linguagem que levou à destituição de uma mulher acusada de “pedalada fiscal” (um hediondo crime, coisa nunca antes praticada, mesmo no Brasil !?!?!…), não indiciada, sequer, de qualquer crime de corrupção, afinal o que, sendo intrínseco ao hediondo sistema capitalista (que há mais de 400 anos invadiu, ocupou, explorou, roubou, desrespeitou, abusou, escravizou, deportou, dividiu países contra a vontade dos povos, dizimou, fez duas guerras mundiais e tantas outras regionais onde morreram milhões de inocentes, provocou duas crises económicas profundas em que, na de 1929, morreram milhões seres humanos à fome, outros tantos foram relegados para a miséria e pobreza absolutas, e na de 2007/2008, de que ainda não conseguiu sair, as consequências estão ainda por determinar e para as quais até o actual chefe da igreja católica não se cansa de alertar, tendo conseguido já que 1% da população mundial detenha tanta riqueza quanta é detida pelos outros 99%, e que, as 7 – sete, isso mesmo, apenas sete – famílias mais poderosas controlam já 50% dessa riqueza) é a praga, ou o cancro que parece incurável, das sociedades capitalistas em geral e, consequentemente, é um dos principais problemas também do Brasil, destituída foi esta mulher, escrevia eu, para ser substituída por um fulano atolado em processos criminosos de corrupção que deveria estar preso, num processo vergonhoso em que, durante dois dias, em directo, o Brasil deu ao mundo a imagem de um país a caminhar, de novo, para o 3° mundo, depois de ter alcançado o honroso 6° lugar no ranking das economias do planeta Terra!?!?!…
    Se eu fosse crente, diria:
    《Perdoai-lhes Senhor, porque não sabem o que fazem》
    Mas como não sou, direito que o que está gente está a urdir, com estas evacuações descabeladas de que este pequeno excerto é exemplo, é atacar a esquerda (mesmo aquela que se reclama assim mas que não coloca em causa o capitalismo) para estender o tapete vermelho a essa (velha) figura sinistra da extrema direita, que vem subindo vertiginosamente nas sondagens de opinião e que, se chegar a ganhar a eleição, poderá contribuir para afundar, ainda mais, o nosso querido Brasil, mergulhando o POVO numa nova ditadura!…
    Miseráveis, de espírito, é o que são estes escribas da côrte!…

  2. Francisco Miguel Colaço

    Malvado sistema capitalista, o qual condena povos inteiros à obesidade e à angústia da escolha.

    Bom, bom é no sistema comunista, onde a obesidade está devidamente controlada e convida às classes dirigentes. E as pessoas não têm que se preocupar com coisas comezinhas como que pasta de dentes entre as muitas que se lhes oferecem escolher.

  3. Anticapitalista

    Miseráveis, de espírito, são os escribas da côrte.!…
    E, afinal, ainda há tantos: atente-se nos comentários!… Por certo vivem com o alívio da alma cristã que permite pecar de sexta-feira a sábado, confessar-se arrependido, rezar uns pai nossos e umas avés-marias, colocar uma esmola na caixinha respectiva (contribuindo para engordar o mais pequeno Estado do planeta, mas o mais rico onde cada um usa as “escovas de dentes” que quer, só os homens têm direito a ser, abusam sexualmente de crianças, servem-se da mulher alheia tal como o cuco, etc., etc….), vão à missa e tomam a hóstia ou o senhor, ficam com o contador a zeros e, se tivetem a sorte de não morrer, na segunda-feira feira seguinte retomam a “sã quanto saudável” vida de pecadores, vivendo na ilusão de que podem entrar no grupo dos 1%!….
    Entretanto, os yankees agora chefiados por um mentecapto quanto irresponsável e pedante, acabam de fazer o maior negócio de armas de toda a história do adorado sistema capitalista, enquanto a Dona de Casa da UE (que de união já nada tem), rendida que está à realidade, vai prégando que a Europa, essa jangada de pedra, já só pode contar consigo mesma e tem que tomar as rédeas do seu destino.
    Paralelamente, o amado sistema entrou em crise vai para 10 anos, não sabe como sair dela, entrou numa profunda agonia com juros negativos, fazendo lembrar um qualquer moribundo, aqui e ali com pequenos espasmos de que pode ser exemplo o crescimento da economia lusa alcançado pela geringonça de que já nem os pafistas pafiosos se lembram de referir…
    Perdoai-lhes Senhor…..

  4. Francisco Miguel Colaço

    Anticapitalista,

    Anedota soviética:

    Na URSS o trigo nasce como os postes telefónicos nos Estados Unidos. E por vezes até um pouco mais densamente.

  5. Francisco Miguel Colaço

    Outra, também genuinamente soviética:

    Uma pessoa transportava um grande saco cheio de rolos de papel higiénico. Um vizinho, havendo notado isso, interpelou-a:

    — Vizinho, sempre encontrou uma loja que tem papel higiénico. Pode dizer-me onde é?

    — Qual loja, qual quê. A este, mandei-o limpar.

  6. A.R

    Outra venezuelana onde faz falta paz, pão, trabalho e educação que o PCP receita a todos.
    Estava um desgraçado debaixo de um sol inclemente à espera numa fila durante mais de 5 horas para comprar pão. Desesperado diz ao amigo:
    – Vou matar o Maduro! Vou matá-lo.
    – Vê lá no que te metes …. mas ele foi.

    Voltou passado não muito tempo.
    – Então, conseguiste?
    – Não, infelizmente não. A fila era maior lá.

  7. Cfe

    Anticapitalista, sua tentativa de ironizar a destituição da “presidenta” é tão ridícula e inócua que interrompi a leitura. Só para constar: o ex Ministro da Fazenda Guido Mantega está a preparar um acordo de delação premiada envolvendo muita coisinha feita pela ex-guerrilheira. Alem disso: as pedaladas fiscais feitas pelo anterior governo são incomparavelmente superiores a qualquer outro governo anterior.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s