França: Le Pen a uma crise económica de ganhar presidência

Se hoje é quase garantido que Marine Le Pen não vencerá as eleições presidenciais em França, o maior receio naquele país deve ser não o resultado de hoje mas a crescente popularidade dos candidatos​ extremistas. E bastará uma crise económica para eleitorados, desiludidos com o falhanço de socialismos moderados e centralistas (de esquerda e direita), moverem-se para os extremos do espectro partidário.

Até pode acontecer algo semelhante à Grécia ou Portugal (em que partidos de extrema-esquerda, quando no Governo, tornaram-se mais pragmáticos). No entanto, há sempre a possibilidade  de candidatos extremistas implementarem o prometido durante a campanha​ eleitoral. 

Durante tempos de dificuldades económicas é evidente o aumento dos “crentes” em soluções ainda mais estatistas e utópicas. Vamos ver como correm próximos 5 anos. Le Pen (ou qualquer outro candidato da Frente Nacional) aguardam a oportunidade. Para o evitar, a aposta deve passar por desmarcarar todas as consequências dos vários socialismos, desde os moderados (de governação) até aos extremos (de esquerda ou direita).

Anúncios

3 thoughts on “França: Le Pen a uma crise económica de ganhar presidência

  1. mariofig

    E esse Socialismo que é (e concordo em pleno!) preciso combater, está aonde?

    Apenas nos governos nacionais que historicamente têm assumido a governação na Europa do pós guerra? Ou não terá esse socialismo também passado para o patamar superior das instituições supra-nacionais concertadas entre esses mesmos governos nacionais?

    Colocando a questão de outra forma, não existe socialismo na política da subsidio-dependência europeia, ou na substituição do peso do estado local pelo peso ainda maior do “Estado Europa”?

    Quem aqui quer acreditar que se combate o socialismo com Mais Europa? Ou quem acha que esse é precisamente o caminho contrário?

  2. lucklucky

    Continua a manipulação da narrativa, desde quando os candidatos do centro não são extremistas também?

    Dívida record, record não é um extremo?
    Gastos record do Estado, record não é um extremo?
    Imigração record , record não é um extremo?
    Regulação record, record não é um extremo?
    Impostos record, record não é um extremo?

    E há muitos mais records.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s