Coisas estranhas

Há cerca de uma semana o Observador publicou uma reportagem sobre uma rede de influências (chamemos-lhe assim para evitar processos legais) dentro do PSD Lisboa. À primeira vista, isto seria uma excelente oportunidade para a sempre eficaz máquina de propaganda do PS. Seria de esperar que os outros orgão de comunicação social também pegassem no tema. Podíamos ter aqui em mão um novo caso offshores, com o benefício adicional de que aqui existirem mesmo negócios suspeitos e a ligação ao PSD ser inequívoca. No entanto, ninguém pegou no assunto. Os orgãos oficiais e menos oficiais da propaganda socialista nem sequer mencionaram o assunto. O resto da imprensa também evitou desenvolver a questão. Passados apenas 6 dias, o caso morreu. Porque será? Será que a concelhia do PSD Lisboa tem um lugar especial no coração da imprensa e dos socialistas? Se é verdade que tem, porque será?

Anúncios

13 thoughts on “Coisas estranhas

  1. Todos têm perigosos telhados de vidros, que substituiram as chapas de fibrocimento que também eram perigosas. Assim, o assunto das influências e dos compadrios não interessa a ninguém, incluindo a comunicação social. Não dó há lodo no cais, como também nos percursos que levam ao mesmo. É a vidinha portuga no seu máximo esplendor!

  2. mariofig

    Está guardado. No frigorífico para se conservar melhor. Para ser usado numa altura mais propícia; eleições legislativas, um qualquer ataque do PSD à idoneidade de membros do PS, eleições autárquicas se o PSD começasse a revelar uma ascendência, etc etc. No fundo, nesta fase do campeonato que até os cães da rua batem no PSD, não há muito uso útil para este tipo de informação.

  3. JP-A

    Há poucas semanas foi noticiado que havia um lugar na Europa em que 80% dos alunos de algumas turmas tomavam Ritalina. Isto nos EUA é combatido como o tráfico de droga e considerado batota. Por cá, ninguém piou. Por que será?

  4. mariofig

    JP-A, porque vai rapidamente deixar de ser um problema. A Ritalina está-se a combater em Portugal com as medidas de facilitismo na Educação de Tiago Brandão Rodrigues. Menos PISA, menos Ritalina.

  5. Não é nada estranho, Passos não se dá com Mauros Xavieres e palhaças maçónicas do PSD Lisboa, daí estarem-lhe sempre a atacar, e enquanto ao PS vai usar esse trunfo como faz sempre, semanas antes das eleições autárquicas. Alguém se lembra dos pagamentos à segurança social do Passos? Onde está o caso? O Marquês de Pombal quando reformou o País e enfrentou grupos sociais poderosíssimos, acabou sozinho e pisado, a Passos Coelho estão a fazer o mesmo, só que desta vez temos um aprendiz de caril no poder, vai se espalhar e ao cumprido, a nossa carteira é que não sei se aguenta!
    Por falar em xuxas:
    https://portugalgate.wordpress.com/2017/04/20/esta-tudo-louco/

  6. lucklucky

    Não há jornalismo. Poucos vão para o jornalismo para fazer jornalismo, vão para fazer política.

  7. Então e assim : Dentro do PSD andam a cabeçada , amuados , azedos uns com os outros e a culpa tem de ser do PS e da comunicação social , ideia genial sem duvida…

    ps: Afinal os famosos SMS estão em banho maria ou já não tem interesse para o Passinhos?

  8. lucklucky

    “a culpa tem de ser do PS e da comunicação social , ideia genial sem duvida…”

    Chegou a ler o post do CGP?

  9. Sr. LUCKLUCKY

    “Porque será? Será que a concelhia do PSD Lisboa tem um lugar especial no coração da imprensa e dos socialistas? Se é verdade que tem, porque será?”

    Sim li o post

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s