Entretanto, no paraíso socialista chamado Venezuela

Há 3-4 anos as capas dos jornais enchiam-se de imagens das manifestações da Grécia. Parece que entretanto essas manifestações pararam e que foi virada a página da austeridade. Ainda bem. Entretanto, possivelmente também por culpa da Merkel, parece que há uma crise económica extrema na Venezuela e manifestações todas as semanas. Felizmente, a Venezuela é um país que nos diz pouco porque não tem nenhum comunidade portuguesa relevante, como a Grécia, nem o partido no poder lá partilha da ideologia de muitos no poder cá. Felizmente, não é assim. Caso contrário, a nossa imprensa, sem qualquer enviesamento ideológico, certamente colocaria imagens como estas nas capas (podem ver o resto aqui).

Advertisements

12 thoughts on “Entretanto, no paraíso socialista chamado Venezuela

  1. “Felizmente”, a eleição do Syriza (e talvez do Maduro) dá força ao PS para seguir em frente (em direcção ao precipício).

  2. André Miguel

    Os nossos jornalistas são das maiores putas do regime. Quando esta merda falir outra vez não apontem baterias só aos políticos, lembrem-se dos jornais.

  3. mariofig

    Entretanto ontem viu-se a entrevista a Macron. Não sei se alguém no Insurgente irá tocar nessa entrevista. Haveria muito a dizer. Mas em todo o caso, em paralelo à negação dos eventos na Venezuela, também é de observar como os media do nosso Querido Líder se ocupam em não tratar a campanha de Le Pen ou Melechon. A estes reservam apenas pequenas frases com imagens stock. Qualquer português que não sintonize a BBC ou procure informação fora dos media tradicionais portugueses, pouco ou nada saberá sobre a campanha de Le Pen, a não ser que é um terrível monstro papão que nos vai destruir todos e portanto não merece espaço televisivo no país das liberdades. É inconveniente que se encontre em disputa directa pela presidência, mas isso não é problema para os media do nosso Querido Líder que podem simplesmente transformar Le Pen em o tal Trump europeu dos ódios e do chamamento à violência para que toda a gente fique indignada quando ganhar,

  4. O BE pode aplicar a sua cínica semântica de esquerda e alegar que a situação na Venezuela está normal. Porque até está.

  5. Muito curiosa mesmo esta reportagem fotografica da Reuters onde só falta o nome e morada dos manifestantes, já que os mostra de cara destapada – uma novidade, tendo tambem sempre o cuidado de esconder a dimensão da multidão de milhares de manifestantes, não vamos nós pensar que o povo de Caracas está contra o regime bolivariano ou contra a revolução socialista.

  6. Populismo é isto. Uma imprensa submissa que adopta sempre os piores ditadores de esquerda. Partidos que apoiam o Syriza e o Podemos na Grecia e Espanha, que recebiam o Hugo Chavez e o Kadafi com grande carinho e amizade, um partido que apoia as piores ditaduras do planeta Coreia Norte e Cuba. Isto define a nossa democracia 40 anos após o 25 abril. Assim é natural que cada vez mais gente se ria quando ouve estes partidos a encher a boca com a ditadura do Salazar. Não são para levar a sério.

  7. André Miguel

    Ai não são para levar a sério?! Fosga-se já o faliram 3 vezes em 40 anos e ainda se riem, acha que não os devemos levar a serio??? Você tá perdido…

  8. Os problemas em países americanos são sempre culpa do presidente dos EUA. Neste caso, é duplamente culpado porque é o Trump.

  9. lucklucky

    Sempre…isto mesmo quando a Esquerda destruiu com guerra biológica a produção de cacau Brasileira.

  10. A imprensa portuguesa, regra geral, é um autentico brioche. Também ainda não consegui compreender porque razão o Sr. Marcelo foi a Cuba e ainda não foi à Venezuela.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s