$obre o 44 e o$ amigo$

Os avençados da vida, a crónica de Alberto Gonçalves no Observador.

(…) Há meses, o país em peso conheceu o “caso” do Câmara Corporativa. Durante uma década, e através de milhares de “posts”, esse empenhado blogue praticara a nobre tarefa de aplaudir o génio de José Sócrates e denunciar a velhacaria intrínseca dos seus adversários. Os textos eram assinados por Miguel Abrantes, que uma jornalista de “causas”, à época próxima do ex-primeiro-ministro, afiançou ser um sujeito real (prova cabal: a senhora almoçou com ele). Entretanto, uma das pontas da Operação Marquês apurou tratar-se de um sujeito imaginário, pseudónimo de pelo menos um tal António Peixoto (possivelmente, a jornalista de “causas” esteve sozinha à mesa e nem reparou – é por causa destas cedências à fantasia que algum jornalismo perde a alegada credibilidade). Segundo o Ministério Público (MP), o sr. Peixoto auferia 3.500 euros mensais pelo fervor patriótico demonstrado no blogue. Eis, afinal, a célebre avença. O MP suspeita da origem das verbas (a do costume) e suspeita que outros indivíduos recebiam pelos mesmos meios para os mesmos fins. Hoje, em suma, a investigação pondera a existência de crime.

É neste ponto que eu e a investigação divergimos. Pelos vistos, o que as autoridades condenam é que se receba dinheiro para dizer bem do eng. Sócrates. Independentemente de o dinheiro ser sujo ou limpíssimo, o que me parece incompreensível é que se elogie o eng. Sócrates de borla. A primeira hipótese, não sendo um modelo de ética, ainda revela vestígios de racionalidade utilitária. A segunda revela um quadro psiquiátrico assustador. Dito de maneira diferente, uma coisa é ser mercenário, outra é ser maluco. Em vez de perseguir os infelizes que tentavam ganhar a vida – e que tinham pudor suficiente para ocultar nome e rosto –, o MP devia inventariar os que glorificavam o ex-primeiro-ministro por pura convicção. E encaminhá-los para avaliação no SNS. (…)

Anúncios

8 thoughts on “$obre o 44 e o$ amigo$

  1. Manuel Assis Teixeira

    Realmente o Alberto Gonçalves é muito bom. Ele ridiculariza esta esquerda ( a caviar e a outra ) de uma forma sublime e totalmente assertiva, deixando-os histericos. É por isso que foi ” saneado” do Diário de Notícias pelos peões de brega do poder ” geringonçico”. Ainda bem que existe esta voz!

  2. Concordo que é uma histeria…

    Mas isto não está bem apanhado no geral, porque:

    Como visado era apologista da receita socialista, de taxar taxar até à/a morte.
    -> O único crime de que o dito abrantes devia ser visado era o de não passar fatura. (Isto em jeito de justiça poética)

    ->Quanto ao mandar os outros escravos que trabalhavam de borla para o SNS não posso estar mais em desacordo:
    1º sou eu que pago as consultas;
    2º o que seria de mim se o mundo não tivesse tolos para me rir.

    saudações

  3. Sócrates tem herdeiro ao seu nível de lixo. Costa raivoso, pela própria mão ou ao empurrão de fora, tudo fará para não deixar cair Centeno. Por uma razão única, traiçoeira e indisfarçável: Sabe no intimo da sua baixeza que cairiam os dois e com ele próprio a mergulhar em primeiro. Tão rasteiro como quem se chega á frente para considerar coisa menor ter o país entregue a uma seita vinda de sarjeta, e uma tutela do maior banco português constituída por um sinistro bando de aldrabões.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s