E se este senhor for o próximo presidente da França?

macron_alcock_002__1050056c

Em Novembro escrevi este artigo para o Jornal Económico sobre Emmanuel Macron. Agora, que Fillon se encontra debaixo de um escândalo e Hamon radicaliza o PS, perceber quem é Macron torna-se obrigatório para compreender a França. Porque é da França, juntamente com a Alemanha, que virá o garante da continuação da União Europeia.

Advertisements

7 thoughts on “E se este senhor for o próximo presidente da França?

  1. Luís Lavoura

    O que é interessante é que nas primárias, tanto dos republicanos como dos socialistas, venceram candidatos (Fillon e Hamon) por quem à partida pouco se dava. Candidatos que somente no decorrer da campanha eleitoral se alcandoraram à vitória.
    Será que isto também vai acontecer na eleição propriamente dita?

  2. mariofig

    “O que é interessante é que nas primárias, tanto dos republicanos como dos socialistas, venceram candidatos (Fillon e Hamon) por quem à partida pouco se dava.”

    Luís Lavoura, o que lhe deveria ter surpreendido mas pelo vistos nem notou, foi que à direita a vitória foi da moderação. Já à esquerda da radicalização.

    “Será que isto também vai acontecer na eleição propriamente dita?”

    Tudo é possível. Ninguém ganhar as eleições, toda a gente ganhar as eleições, ou governar sem ter ganho as eleições.

  3. “Marine Le Pen será a próxima presidente.”

    Huuummmm !!…
    De acordo com as sondagens (já com o escândalo que afecta Fillon e com a vitória da Hamon nas primárias da esquerda), Marine Le Pen passaria à segunda volta à frente mas, na segunda volta, seria sempre derrotada, tanto por Fillon (60%-40%) como por Macron (65%-35%).
    Eu sei que são apenas sondagens mas distância é grande !…
    O pior seria mesmo se Hamon conseguisse ultrapassar na primeira volta tanto Macron como Fillon e fosse à segunda com Le Pen !…
    É muito improvável mas não é impossivel …
    Nesta eventualidade, que escolhesse o diabo !!

  4. Benoit Hamon ou Jean-Luc Melanchon, o candidato dos comunistas e de uma parte da esquerda radical.
    Ambos representam a esquerda da esquerda e têm muitas afinidades programáticas. Mas são concorrentes relativamente ao eleitorado mais à esquerda.
    Neste momento, nas sondagens, Hamon representa 15% e Melanchon 10%.
    Dizem que estão em conversações…. Apelam os dois à unidade das esquerdas contra a direita “social-liberal” (Macron), a direita “extrema” (Fillon) e a “extrema direita” (Le Pen).
    Duvido que algum deles desista em favor do outro antes da primeira volta.
    A não ser a algum deles caia a pique nas sondagens.
    Uma candidatura única desta esquerda, contra um Fillon fragilizado e um Macron diabolizado junto do eleitorado de esquerda e não reconhecido como o candidato da direita, poderia ser um perigo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s