Tempo novo para os reformados

Em 2014, o governo aumentou as pensões mínimas em 2,60€ por mês. Esta foi a reacção de Rosário Gama da APRE (Associação de Pensionistas e Reformados).

screen-shot-2017-01-03-at-3-56-31-pm

A representante dos reformados acrescentou ainda:

“Apesar de haver uma reposição da legalidade com o fim da CES, a verdade é que o poder de compra não vai aumentar, porque aumentando os combustíveis aumentam os transportes e aumentando os transportes aumentam os bens de consumo” (Fonte)

Em 2017, o governo aumenta o complemento solidário para idosos em 2,11€ por mês. Fica aqui a reacção de Rosário da Gama:

screen-shot-2017-01-03-at-3-54-52-pm

Advertisements

14 thoughts on “Tempo novo para os reformados

  1. Sabemos que as finanças e a economia do país estão desconformes com os encargos certos, a que o Governo está obrigado, enquanto não renegociar as dívidas. Mas o que me dói é a falta de ética e de civismo que decorre das informações superiores, querendo fazer-nos crer que o país está a navegar para bom porto, quando, na verdade, o barco está a afundar-se. A honestidade devia ser o rio onde navegasse esta gente, pois não foram eles que criaram esta miséria, mas foram os seus amigos e apaniguados, e eles continuam a encobri-los.

  2. JP-A

    Esta gente tem diversas caras. Deve ser por isso que não querem cá turistas, para manter a pureza da raça.

  3. Tiro ao Alvo

    Esta senhora não está nada preocupada com quem recebe a reforma mínima. Esta senhora está preocupada com ela mesmo e com o Partido da sua simpatia. Mais nada.

  4. Euro2cent

    A voz do dono.

    (Escusavam era de abusar do gado desta maneira. Já bastam os curros e os chips na orelha, perdão, bolso, não era preciso desaforo cínico.)

  5. mario

    O socialismo e engraçado… Convencem tanta gente de que e possivel viver a custa dos outros para sempre e depois acertam naquela chatice que e a realidade… Eu pensava que sabia um pouco de fisica, mas dizem me que as vacas afinal, voam….

  6. Luís Lavoura

    O Carlos Guimarães Pinto começa a parecer-se com aqueles adeptos do futebol que passam a vida a queixar-se do árbitro.

  7. As declarações são expectáveis: a senhora é dirigente do Partido Socialista (é ou foi membro da Comissão Política). O grave é esta e outras dirigentes de supostas “Associações” representativas da sociedade civil não serem identificadas como militantes de partidos políticos quando são ouvidas ou citadas nos “media”. Há uma militante do PCP de Almada que é dirigente de meia dúzia de putativas “associações de utentes”, e nunca ouvi um jornalista chamar a atenção para o facto.

  8. Pingback: A fantochada dos “Movimentos Cívicos” em Portugal – O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s