Católico e liberal

f

«Je suis profondément laïque dans ma conception du pouvoir, mais j’ai un engagement religieux, j’ai une foi et je n’accepterai pas que l’État m’empêche de la pratiquer»
François Fillon, Le Point, 23/08/2016.

Caso Fillon seja o candidato da direita às presidenciais francesas muito se falará do seu liberalismo económico e do seu catolicismo. É possível ser-se liberal e católico? A resposta está aí em cima.

Anúncios

7 thoughts on “Católico e liberal

  1. mariofig

    É possível ser-se católico e promover a guerra, a perseguição religiosa, ou a xenofobia. Não tanto pela ideologia, claro está, mas pelo simples facto que o Homem adequa a sua crença aos seus interesses e não o contrário.

    Sou (dos poucos?) um ateu de direita. Portanto, profundamente defensor do laicismo do estado, mas também de qualquer ideologia política. Vejo com muito desprezo a tendência confessional de uma certa direita partidária na qual não me posso rever. Não adianta defender o laicismo do estado ao mesmo tempo que se pratica ideologia confessional dentro do partido. Defendo uma direita profundamente laica, não apenas na sua visão de estado, mas também na sua constituição partidária. Quaisquer considerações teológicas sobre ideologias políticas contribuem apenas para o a banalização e o anti-intelectualismo. A ideologia política é completamente transversal a qualquer consideração teológica, INDEPENDENTEMENTE das raízes. A tradição judaico-cristã do conservadorismo Norte-Americano, por exemplo, representa apenas um dado histórico, da mesma forma que a tradição cristã na base da formação e da conquista de Portugal não determina de modo algum a sua laicidade ou a sua capacidade de promover a liberdade religiosa entre os seus cidadãos.

    Concordo portanto com Fillon. É aliás curioso que, pelo menos na citação acima, ele não faz qualquer menção à sua crença, pelo que se pode (e deve!) aplicar a qualquer tipo de religião. Ele poderia estar por exemplo a referir-se à sua crença budista ou muçulmana. Mas a pergunta mais pertinente que se deverá fazer à classe política é se estão dispostos a praticar também o mesmo tipo de secularismo não apenas na sua forma de poder, mas também dentro das suas organizações partidárias. E surpreendentemente nem todos estão.

  2. “Um ateu de direita” MARIOFIG. Isso Quer dizer o Q? O Adolfo era do centro 🙂 ?

    Tim Kaine & François Fillon ambos católicos com a rabinho a abanar LOL

  3. O oposto a liberal é socialista.

    O socialismo conduz-nos à falta de incentivos ao investimento. Sem investimento, reduzem-se as taxas de crescimento da economia.

    Veja-se: nos últimos 15 anos a economia portuguesa cresceu 4%. No leste europeu o crescimento foi de 70/80% no mesmo período.

    Quem ficou melhor: Portugal socialista? ou o Leste liberal?

    Um católico preocupa-se com o seu irmão. Esse irmão estará economicamente melhor com as taxas de crescimento superiores propiciadas pelas economias mais liberais.

  4. MárioFig,

    Há muita confusão entre laicismo e ateísmo de Estado. Um estado laico não se mete na minha crença. Um estado ateu mete-se, ou tenta-se meter, e eu, em contrapartida, mando-os para o sítio onde não se vê a luz.

    Laicismo quer dizer que o JosephVSS, católico dos sete costados não se chateará com o Francisco Colaço, mórmone convicto. O estado português pode simplesmente não fará uma religião de estado, podendo promover uma missa de início do ano parlamentar ou um funeral católico, desde que não me obrigue a participar nela contra a minha vontade. Nem me chateio se nas escolas públicas houver moral e religião católica desde que, claro está, possa excluir os meus filhos desta disciplina.

    Por mim, dá-me na ideia o facto de hoje mais do que nunca ser necessário uma ajuda divina, que com estes meso-humanos que nos regem de modo geringoncial simplesmente nao vamos lá.

    Ateísmo de estado é outra coisa. E enche campas. Nove dos dez estados mais assassinos do mundo em relação à sua própria população são ateus. E um muçulmano.

    JosephVSS,

    Um russo quer renomear a rua “Sem Deus” (relíquia do comunismo) para Donald Trump.

    Por mim, renomearia a ponte 25/4 para 25/11.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s