Plano Centeno – actualização

Saíram hoje boas notícias para a economia portuguesa. O trimestre de Verão de 2016 evidenciou o maior crescimento em cadeia desde 2013 (cujo 2º trimestre foi o melhor dos últimos 10 anos). Com estes números positivos, vale a pena voltar a olhar para a economia portuguesa e comparar com aquilo que Centeno previa há pouco mais de um ano.

Comecemos então pelo PIB, de onde surgem as boas notícias de hoje. As primeiras duas colunas têm as previsões de Centeno de Agosto de 2015: a coluna cor-de-rosa oq ue ele previa se o PS fosse governo e na coluna azul o que ele previa se o PS não fosse governo. A terceira coluna tem os valores reais.
plancent1

Apesar do bom desempenho no Verão, o crescimento do PIB este ano continua abaixo do que Centeno previu que seria sem o PS no governo. E ainda bastante abaixo do que Centeno previu que seria com o PS no governo.

Agora o emprego.

plancent3

É no emprego que o governo se tem saído melhor, superando até as expectativas do Plano Centeno. Tal como o PIB, também aqui houve um forte impulso do turismo, que representou 46 dos 86 mil novos empregos, ou seja, mais de metade do emprego criado foi na hotelaria e restauração.

Finalmente, a dívida pública:
plancent4

Aqui as previsões continuam muito longe da realidade. Apesar de ter previsto que sem o PS no governo a dívida pública baixaria, e previsto que com o PS desceria ainda mais, a dívida pública continua a aumentar e está já 4,5 pontos acima do previsto por Centeno para 2016.

Anúncios

8 thoughts on “Plano Centeno – actualização

  1. Francisco Lx

    Só duas perguntas: 1- O turismo, hotelaria e restauração não devem contar nestas avaliações? 2- Nos tempos do anterior governo não contavam?

  2. “houve um forte impulso do turismo, que representou 46 dos 86 mil novos empregos, ou seja, mais de metade do emprego criado foi na hotelaria e restauração”

    Ou seja, emprego sazonal de Verão!
    Quantos desses novos empregos, voltaram para o IEFP agora que estamos na época baixa?
    Vem aí o Natal, as lojas até podem meter gente nova para ajudar mas chegando a Janeiro…
    Além disso, para o Governo os estágios não remunerados já contam como novo emprego, o que é uma falácia!

  3. tina

    Muito bem lembrado, obrigada. A dívida tem crescido a 0,5% do PIB/mês!… A geringonça é criminosa, acabou com um bom governo para afundar o país.

  4. Carlos Guimarães Pinto

    Os 1,6% são do trimestre. É o que a economia está a crescer neste momento. Isto significa que em 2016 serão 1.1%-1.3%. Mas eu até nem me importo de colocar o maior número que se poderia usar nestas comparações. Continua abaixo dos outros dois.

  5. “Continua abaixo dos outros dois.”

    E continua abaixo do crescimento anualizado do 1° semestre de 2015 (que é aquele que é da real resonsabilidade do governo anterior ; a partir de meados do ano os agentes económicos e a generalidade dos observadores começaram a recear um impasse politico ou mesmo uma mudança de politica em resultado das eleições legislativas).
    Imagine-se o que seria hoje o maior crescimento acumulado caso não tivesse havido mudança de governo !!…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s