Trumpismo: o bom, o mau e o incerto

O meu artigo desta semana no Observador: Trump: o bom, o mau e o incerto.

Anúncios

One thought on “Trumpismo: o bom, o mau e o incerto

  1. Trump não é um santo, muito menos um burro.
    A campanha já lá vai. A partir de agora a sua ação vai ser cuidadosa e refletida. Os intelectualóides oblíquos, os marxistas complexados, os soros que os alimentam, os media descredibilizados, têm razão para estarem inquietos. O totalitarismo que as ações de violência já revelaram, a tentativa de calar quem fala diferente, a iniciativa de fazer de nós um rebanho obediente, vai falhar. Trump age sem medo Mas atenção, Kennedy e Sá Carneiro também não tinham medo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s