cada vez melhor!

“O primeiro-ministro afirmou esta manhã que as notícias sobre a economia portuguesa “são boas” e que para a semana “ainda serão melhores”, numa alusão ao processo de aprovação do projeto de Orçamento do Estado para 2017 por parte da Comissão Europeia.” (via Expresso digital)

Como dizia Michael Blumenthal, um conselheiro do presidente norte-americano Jimmy Carter, “in government you can be successful if you appear to be successful”. Ora, António Costa decerto já terá lido isto e todos os dias faz uso do conselho. Faz lembrar o conceito de jornalismo positivo que há uns anos fez moda. Vem isto a propósito das previsões económicas de Outono da Comissão Europeia divulgadas ontem. A estimativa de crescimento para a economia portuguesa baixou tanto para 2016 como para 2017. Em 2016, segundo a CE, Portugal crescerá apenas 0,9% e em 2017 o crescimento será de 1,2% (uma revisão em baixa de 0,5 pontos percentuais face à anterior estimativa da CE). Mais: a CE prevê o deflator do PIB em 1,3% (versus 1,5% do Governo); na prática, a CE prevê uma variação nominal do PIB de 2,5% e que é inferior aos 3,0% previstos pelo Governo (o que influencia as estimativas das receitas fiscais).

É, portanto, oficial: a exemplo do OE2016, também o OE2017 utilizará como cenário macro um que está, em termos de projecção de crescimento, acima de todas as restantes estimativas ditas oficiais (FMI, OCDE, CE e o nosso CFP). É o que se chama (não) fazer uso da melhor informação disponível! Sim, porque o Governo já teria conhecimento da nova estimativa da CE (certamente da sua revisão em baixa) há algumas semanas. Quanto aos objectivos em matéria dos três critérios fundamentais do Tratado Orçamental (o défice nominal, o défice estrutural e a dívida pública), segundo a CE, o do défice nominal será cumprido em 2017, mas não o do défice estrutural nem o da dívida pública.

O comissário europeu Moscovici, naquele seu jeito impeccable,  diz que “[essas] diferenças não têm consequências práticas”. Como? É para deitar fora as regras que foram subscritas e ratificadas por todos os Estados membros na sequência da crise soberana? De certeza? Esperemos então por Schauble. E o que tem a dizer Dombrovskis (o polícia mau da mesma CE)? Enfim, é provável que Moscovici ainda esteja a ler “Un président ne devrait pas dire ça…”. Porque certamente está esquecido do que dizem as regras do Tratado Orçamental. Questões laterais como bem se entende. C’est la France. E o resto não interessa porque o Hollande meteu a CE numa alhada e o Renzi também não quer cumprir as regras. Os bosches que se amanhem. Não há “mutual trust”. Não há coordenação. Mas sem coordenação não pode haver cooperação. Depois não se admirem quando um dia a casa vier abaixo.

Anúncios

4 thoughts on “cada vez melhor!

  1. O mundo mudou com a vitória de Trump (e do Brexit), mostrando que a paciência das pessoas se esgota e não querem mais ser usadas pelas outras. Não tarda nada, a UE também vai acordar para a realidade. O Alguidar de Banha ainda vive no mundo antes de Trump, estamos entregues a um mentecapto inconsciente.

  2. JP-A

    O PM e o seu governo são verdadeiramente espetaculares nas particularidades retroativas, funcionais e utilitárias da governação moderna.
    (via 4ª República)

  3. Prova Indirecta

    É um governo…informal.
    Gostei da composição do grupo de trabalho , nos dias que correm já deve ser fácil o registo de nascimento com o nome Doutor.
    Serão todos licenciados?
    J.P. : se tivesse entrado em vigor em Abril e produzisse efeitos em Novembro , era mesmo de estranhar…. .
    😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s