Sem dúvida

Recomendo a leitura da opinião do Alexandre Homem Cristo no Observador, Trump é tão mau quanto Tsipras.

Trump e Tsipras têm o mesmo desprezo pela democracia representativa, pela separação de poderes, pelo pluralismo. Mas não recebem o mesmo tratamento no debate público: um é temido, o outro é amado.

Trump dá mau nome à direita. Não é o único. Há também Marine Le Pen, Nigel Farage e demais hipócritas do Brexit, ou Viktor Órban e restantes nacionalistas do leste e do norte europeu. Mas, hoje, Trump é o ponta-de-lança desta equipa internacional de políticos de direita que, estando na primeira fila do acesso ao poder, se definem como inimigos da globalização e, não raras vezes, das liberdades republicanas – pondo em causa a livre circulação de pessoas e bens, a separação de poderes, a democracia representativa, a promoção do pluralismo e a tolerância social da diferença. No fundo, sacudindo os pilares das repúblicas modernas em que vivemos, aliados em ambição aos que, à esquerda, reprovam o modo de vida ocidental – da Rússia à China, passando pelos novos marxismos europeus (Syriza, Podemos) que vão condicionando a agenda política.

Os EUA não são a Hungria e o que se passa em Washington tende, mais tarde, a acontecer no resto do mundo. Isto devia preocupar-nos, independentemente de quem os americanos elegerem. Sim, a probabilidade de Trump perder é superior à de ganhar as eleições presidenciais desta terça-feira nos EUA. Ainda bem, digo eu – apesar de Hillary Clinton. Mas, mesmo que derrotado, sobreviverão os efeitos da adesão às suas propostas e da difusão das suas provocações. (…)

4 pensamentos sobre “Sem dúvida

  1. mariofig

    Subscrevo na totalidade.

    Tal como tenho vindo a procurar defender nos meus comentários neste blog, o Trump não representa a direita e é mesmo um fator nefasto pela má imagem que cria desta. Acredito que ainda assim é um melhor candidato que a Hillary pelas ondas de choque que a sua vitória causariam no partido republicano que há muito precisa de se reformar e pelos efeitos que uma vitória populista nos Estados Unidos trariam às democracias ocidentais e a uma série auto-avaliação do seu terrível desempenho e dos seus altos níveis de corrupção que têm permitido o ressurgimento destes movimentos populistas e anti-sistema.
    Mas não me deixo enganar nem um pouco: Trump representa muito do pior que a nossa sociedade tem para oferecer. E como político é do mais intragável que se possa imaginar.

  2. Francisco Miguel Colaço

    Marchistas serão marchistas. E adoram marchistas. E dizem mal de quem não é marchista.

    A Oeste, nada de novo.

  3. O que me deixa apreensivo é tanto cidadão, o mais armado do mundo e dos mais abonados de recursos, terem um discernimento tal que os leva a apoiar gente como os candidatos actuais a presidente. No Brasil vejo muitas assustadoras sumidades como ali,e fico confuso se será a nova política.
    Sinto-me confortavel em viver na UE.

  4. lucklucky

    Mais um chorrilho de asneiras pro establishment. Establisment que é precisamente quem tem vindo a destruir a Liberdade, a atacar a separação de poderes e a “tolerância social da diferença.”

    Vamos perguntar qual a tolerância do Alexandre Homem Cristo a impostos diferenciados para quem quiser ter relacões diferenciadas com o Estado?
    Ou aí já acaba a tolêrancia?

    Trump não é melhor mas está do lado com menos poder, tal como a Democracia não defende a Liberdade, pelo contrário, mas momentaneamente serviu para destruir o Ancient Regime e o seu poder.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.