Falir custa

A máquina oficiosa de propaganda da Geringonça compilou todas as medidas de natureza fiscal que tiveram de ser tomadas no contexto do programa de ajustamento e da consolidação orçamental. Nós achamos que o vídeo, com ligeiras alterações, merece ampla divulgação.

Lembre-se: não leve o país à falência. Falir custa.

7 pensamentos sobre “Falir custa

  1. Sim o “estado” faliu, logo o “estado” deve adaptar-se à realidade gastando apenas o que tem , como fazem as empresas , as familias e as pessoas em geral.
    O que se passou,foi que em alternativa a gastar menos , os governos optaram por lançar cada vez mais impostos , implodindo a economia e riscando do mapa a possibilidade de qualquer recuperação economica.
    Quem pagou e continua a pagar a crise ,são as empresas no geral e quem nelas trabalha ou trabalhou , com perdas de rendimento muito acentuado , podendo chegar aos 100%(no caso de falências e despedimentos). E o que vemos nos jornais e tvs : È sempre o mesmo choradinho dos FPs e pensionistas com mais de 1000€ por mês que passam por ser os grandes sacrificados , quando na realidade não o são e são protegidos pelos sucessivos governos em detrimento de todos os outros que são a maioria.
    Os sucessivos governos têm governado mal e a “geringonça” está a governar pessimamente , sem qualquer sentido de responsabilidade e sem qualquer visão de futuro.

  2. mariofig

    A resposta é excelente. Mas é sempre uma pena que a falta de seriedade, verdade e vergonha por parte da política nacional, coloque na sociedade civil a obrigação de desconstruir os spins da propaganda governamental. Já nem podemos contar com os meios de comunicação social para o fazerem, acreditando eu que chegamos a fundo do poço no que diz respeito à qualidade jornalística neste país, que hoje funciona apenas como um eco dos políticos e sem qualquer jornalismo de investigação sério e constante que ajude a colocar pressão no discurso político.

    E diga-se em boa verdade que os dois últimos governos do PS (do Costa e do Sócrates) têm sido particularmente terríveis neste aspeto. Sempre assistimos ao efeitos da máquina propagandista neste país. Mas nunca desta forma tão destruidora. É absolutamente atroz o que se está a fazer a este país. Não são só as políticas. Na realidade, não são as políticas sequer. Por mais danosas que estas sejam, penso que o maior estrago que se está a fazer em Portugal é o do entorpecimento mental sistemático da população em geral, claramente planeado pela classe política no sentido da constante redução da capacidade crítica da sociedade civil e com a participação ativa dos meios de comunicação social.

  3. Há um problema de comunicação. É que muita gente, tendencialmente burra, tendencialmente de esquerda, não relaciona de modo algum a austeridade do governo PSD CDS com a bancarrota causada pelo PS. E continuará a não relacionar o que temos hoje com o que aí vem. E o PSD CDS não tem gente capaz de passar essa simples mensagem – “quando cá chegámos isto já estava assim”.

  4. O que é mais notório é que Portugal foi obrigado a tomar medidas de acordo com as condições de resgate, enquanto a geringonça está a tomar medidas fiscais por iniciativa própria!

  5. Ainda bem que encontraram os primeiros minutos do filme desta tragédia!

    “maior estrago que se está a fazer em Portugal é o do entorpecimento mental sistemático da população em geral, claramente planeado pela classe política no sentido da constante redução da capacidade crítica da sociedade civil e com a participação ativa dos meios de comunicação social.”

    Muito bem colocado. E o resultado dessa táctica perversa vai ser o afastamento crescente da população em relação aos assuntos políticos e o aumento da abstenção para níveis estratosféricos!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.