Leitura dominical

Na cama com os pulhas, a crónica de Alberto Gonçalves no DN.

(…) Uma das gémeas Mortágua, família cuja notoriedade define o país, mostrou quem realmente governa isto e anunciou um novo imposto sobre o património imobiliário (“para apanhar quem escapa ao IRS”). O PCP, que em matéria de assaltos não gosta de ficar à porta e invade furioso a horta, quer alargar o imposto ao património mobiliário, ou seja colocar a mão literalmente na massa. A CGTP, que lutou pela “escola pública” (?), luta agora pelos trabalhadores despedidos dos colégios privados que se empenhou em fechar. O secretário de Estado que viajou à conta da GALP não se demite do cargo mas demite-se de tutelar a GALP. O Presidente dos “afectos” ouviu um par de “homólogos” estrangeiros jurarem-lhe pela pujança da economia indígena e não percebeu o sarcasmo. O – passe a expressão – primeiro-ministro exibiu o imaginário que lhe habita a cabecinha e, em momento de típica erudição, sugeriu a Pedro Passos Coelho que vá caçar Pokémons. O – desculpem o termo – ministro das Finanças, que cá dentro compete em boa disposição com o dr. Costa, andou lá fora a jurar que trabalha imenso para evitar um segundo “resgate”, que na verdade seria o quarto. Os portugueses que ainda não enlouqueceram já nem duvidam da necessidade do resgate, mas duvidam que o tenhamos quando precisarmos dele.

O problema é que os portugueses que ainda não enlouqueceram são uma minoria de resistentes. E um problema maior é que, aos poucos, a resistência perde razão de ser: a cada semana, o ambiente em curso convida à resignação e ao abandono. De acordo com as sondagens, cinquenta e tal por cento dos cidadãos registam os sinais e acham que a coisa vai no bom caminho. No meio da desagregação geral, a opinião publicada aflige-se com a entrevista de um juiz (pretexto para exaltar o eng. Sócrates), as memórias de um antigo assessor (pretexto para criticar Cavaco) e os mexericos do arq. Saraiva (pretexto para demolir Passos Coelho). Portugal é uma casa em chamas onde os moradores só se preocupam com a fechadura que range. Não tarda, estamos a olear a porta reduzida a cinzas. E a culpar a “direita”, a “Europa” e a Via Láctea pelos estragos. A Via Láctea não é nossa amiga.

4 pensamentos sobre “Leitura dominical

  1. tina

    Muito bem! Exceto que as sondagens são todas falsificadas e contra isso nunca nenhum comentador diz nada. Aquando das últimas eleições, tanto a Eurosondagem como a Aximage davam resultados favoráveis ao PS. A Católica, logo na primeira sondagem que fez, dava vitória ao PSD. Só depois a Eurosondagem e Aximage começaram a corrigir os resultados. Devia haver uma queixa formal contra a utilização da Eurosondagem pela RTP. Nunca se viu uma maneira de enganar o público tão abertamente.

  2. JP-A

    Já aqui escrevi há muito que a venezuelização de Portugal estava em curso, mas infelizmente as coisas são como são: quando a maioria das pessoas der conta (no bolso), já será tarde demais e já iremos na terceira vaga. Se calhar julgámos que a bandalheira pós 1974 não ia produzir resultados. Eles aí estão, perfeitamente espelhados nas “qualidades” do líder do governo minoritário não eleito, telecomandado da sede do BE, que não passa de um partido extremista cultivado e regado artificialmente durante anos a fio no canal vermelho com a ajuda dos infiltrados “de esquerda” da foice e do martelo no PS. É olhar até para os pseudo-tudólogos profissionais “do PSD” e as baboseiras a metro que expelem dos seus submarinos e tirar as conclusões sobre as nossas aterradoras capacidades e construções intelectuais.

  3. O que é também lamentável é que este Gonçalves, que não é émulo do outro, (o Vasco) tem razão de alto a baixo. Isto parece um manicómio e porque os doentes mentais são irresponsáveis, a festa continua até ao desastre final.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.