Vamos direitos a um novo colapso

 

Tarados

O ministro alemão das Finanças pronunciou em público a palavra proibida. “Resgate”. Só pode ser uma surpresa para quem está pouco atento ou quer acreditar em impossíveis. A probabilidade de Portugal ter de pedir um novo apoio financeiro vai subindo a cada dia que passa. Schäuble poderia até ter acrescentado mais argumentos para mostrar os riscos que Portugal enfrenta.

Helena Garrido, no Observador.

6 pensamentos sobre “Vamos direitos a um novo colapso

  1. JP-A

    O pateta que ia entrar de rompante e mudar a Europa de braço dado com a Grécia do Syriza que o BE agora já não sabe o que é, mais os socialistas que ali se evaporaram, está agora nas televisões a dizer mal daqueles que nos dão de comer há décadas e que nos construiram a rede viária, os hospitais, as escolas com candeeiros do Siza Vieira, e restantes festas que por aí vão, incluindo os concertos para a populaça pagos a peso de ouro. É tão primitivo e tão esmagador da ética e da moralidade o que está a fazer à custa de todos nós na ânsia de mais uma vez dar provimento aos seus sonhos molhados, que chega a dar a impressão que estamos perante um patriota pelo PS. Desde que a concórdia com o seu partido e as suas figuras mestras se mantenha de pé e nos mais altos cargos o Estado, tudo serve. O resto que se lixe. Isto se calhar é mesmo e apenas um país meio cheio de atrasados mentais.

  2. Anticapitalista

    Pois é, a direita pafista defende o dono disto tudo, tal como os crentes defendem o Deus que adoram!
    Enquanto a esquerda, e o partido dito socialista, vai manobrando, em concórdia qb, a geringonça, a caminho de 2019, ainda que para trás fiquem os pafistas ainda ressabiados e com azia.
    De facto, é verdade, tudo na vida pode revestir a característica da moeda: tem cara e coroa.
    O alemão, mesmo na sua cadeira de rodas, sabe muito, assim como muito bem sabe o que quer, só tenho dúvidas e que saiba para onde quer ir, na medida em que a vida não é linear, e a maior curva que ele tem pela frente chama-se Deutsche Bank, e para desviar atenções, masturba-se evacuando bílis contra Portugal onde, os pafistas andam aos paus!..

  3. André Miguel

    Anticapitalista, você trabalha em que gabinete do PS?
    É que basta deixarem o patrão com as calças na mão e você vem para aqui ladrar.

  4. Anti-qualquer-coisa,

    No ano passado crescíamos. Poucochinho,mas . Agora definhamos. Justifique-se.

    (lembro que a Espanha, o nosso maior parceiro comercial, sem geringonças, cresce. Não é a crise internacional)

    (lembro que o turismo tem, com os atentados na Argélia e a situação turca, tendência para vir para Portugal. Não será a crise do turismo)

    Aguardo as suas explicações para tão maus resultados de tanto Sol na Terra.

  5. André Miguel,

    «Anticapitalista, você trabalha em que gabinete do PS?»

    Ele também foi emigrado a obrigar, perdão, obrigado e emigrar — da Ajuda para o Rato, é claro! E como ele, 485 mil pessoas, mais do que emigraram em trinta anos.

  6. oscar maximo

    SE houver resgate a culpa é da direita. E a prova é que ficam contentes com o resgate, já não respeitam filhos e netos. A prova que a esquerda respeita filhos e netos, é constatar que lhes arranjam as melhores cunhas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.