Trump para principiantes

Donald Trump começou a sua inclassificável campanha para Presidente dos EUA por dizer que queria banir todos os muçulmanos de entrarem no país, mesmo que fossem cidadãos que tivessem ido em viagem ao estrangeiro (Muhammad Ali, que há uns dias elogiou, também seria banido). Depois, criticado, disse que isso tinha sido “só uma sugestão”. Hoje, depois do atentado em Orlando, diz que foi por coisas como esta que quis banir todos os muçulmanos de entrarem nos EUA. O homem consegue o extraordinário feito de ser simultaneamente desprezível e inconsistente nas coisas desprezíveis que diz.

21 pensamentos sobre “Trump para principiantes

  1. pedrochapt

    Wow, a sério insurgente? Esta não esperava! A única esperança para o mundo civilizado e é assim que o analisam? Thank God for Trump.

  2. lucklucky

    O silêncio era de facto ensurdecedor… mas como é preciso fazer barulho para desviar as atenções temos este post.

  3. “Ninguém” gosta do Trump… Algo de especial ele deve ter, e uma coisa tem de certeza: está-se nas tintas para conversas da treta e o politicamente correto. Quanto ao Islão, o Ocidente já deveria estar farto do tema. Já chateia, cansa, incomoda…. E mata! Mata sempre!… E pegando no assunto by the book (literalmente), é “fascista”, obscurantista, anti-democratico, anti-civilização. E alguém tem de o dizer. Quem sabe o Trump não pode vir a ser um Reagan (com cara de Patton…).

  4. lucklucky

    Este post foi uma tentativa canhestra para evitar as pessoas irem para Trump como resultado de mais um massacre feito por um muçulmano.

    Foi uma preemptive action.

  5. Caro Luís, quanto a simpatias pelo islão, não tenho nenhumas, como anos e anos de coisas escritas aqui e não só facilmente demonstrarão. Apenas acho que o “trumpismo” não é propriamente recomendável. E se estar-se nas tintas para o politicamente correcto poderia ser uma virtude (já que o politicamente correcto é realmente uma praga dos nossos tempos) convinha sê-lo a dizer coisas de jeito, em vez de idiotices demagógicas e ainda por cima sem qualquer coerência. Ter um Sócrates na presidência dos EUA não me parece que seja uma coisa positiva

  6. Trump diz que quer banir a entrada a muçulmanos temporariamente até acessar a situação do terrorismo islâmico e do ISIS

    Mais tarde especifica o que queria dizer porque uns engraçadinhos e esquerdopatas hiperbolizam o que ele disse

    Hoje reafirma tal sentimento devido ao que aconteceu

    De facto é uma loucura este Trump, os americanos só podem estar doidos. É o fim do mundo e mais não sei quê e tal.

  7. Fernand Personne

    Há partidos políticos ou organizações simpatizantes da comunidade LGBT e que defendem a entrada de muçulmanos nos países do Ocidente, ou seja, defendem a importação para o Ocidente dos mais viscerais inimigos dos LGBT.

    Onde está a consistência e a coerência?

  8. E nada sobre o estúpido Obama? Quem culpa o “racismo” quando se trata de um polícia branco e nestes casos, culpa o “porte de armas” por americanos…

  9. É por causa destes animais islâmicos (mas não só) que sou a favor do porte de, qualquer, arma.
    Tenho a certeza que se o Bruno Alves ou algum familiar seu apanhar um cagaço com um destes meninos do turbante, a seguir tem uma revelação e vê a luz, e ainda acaba a escrever textos inflamados a acusar o Trump de ser excessivamente tolerante…

  10. ” desprezível, inconsistente, ignorante, nazi, etc “…mas não são assim todos os candidatos da direita conservadora americana ? não é isto que os mass merdia e os politólogos e toda a esquerda bem pensante nos vende há décadas ? a opinião do Bruno é apenas a confirmação de que a esquerda progressista impõe muito respeitinho a quem com ela não se identifica, mas que com ela quer dançar .

  11. André Miguel

    Este post consegue ser mais confuso e idiota que o Trump. Com a agravante de ser politicamente correcto.

  12. “E se estar-se nas tintas para o politicamente correcto poderia ser uma virtude (já que o politicamente correcto é realmente uma praga dos nossos tempos) convinha sê-lo a dizer coisas de jeito, em vez de idiotices demagógicas e ainda por cima sem qualquer coerência.”
    .
    Ah, pois, convinha sê-lo a dizer coisas politicamente correctas, não é?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.