Trudeaus caídos

O meu texto desta semana no Observador.

‘Sabe quem é Justin Trudeau, o formoso, não sabe? Esse: o primeiro-ministro do Canadá. O que tem uma franja com os milímetros que cobre a testa tão detalhadamente calculados quantos os centímetros para a direita da cara de José Sócrates aquando do anúncio na televisão do resgate da troika. O que se tuitou numa imagem exibindo a sua força de braços ao suspender-se em prancha sobre uma mesa (chamam-lhe, li, a pose do pavão, que nunca ninguém disse que a realidade não tem um sentido de humor cáustico). E que oferece, com encenação de improviso que consegue convencer crianças de vinte meses e seis dias, lições de computação quântica (baralhando tudo, mas quem quer saber?)

Justin é – como faz parte da descrição obrigatória do líder de esquerda – avassaladoramente maravilhoso. Bonito (ou assim o dizem), jovem, progressista, um coração de manteiga para os refugiados sírios. Com pedigree familiar (que a esquerda que se diz igualitária nunca deixa de apreciar): é filho de um outro ex-primeiro-ministro canadiano. Ah, claro, e com uma mulher gira, Sophie, que foi à Casa Branca rivalizar no guarda-roupa com a fashionista Michelle Obama, também nova, antiga estrela de televisão, mãe de família moderna.

De acordo com a peculiar forma a preto e branco de ver o mundo do lado esquerdo da vida, o casal Trudeau não pode ser apelativo apenas politicamente. Por decreto é também bonito, sofisticado, culto, moderno, bem vestido, lido, uns pais formidáveis, arrebatadores, estonteantes, enfim, acrescentem aqui todos os adjetivos bons e cintilantes que há no mundo. Uma reedição dos santos de altar para a esquerda convencida que é iconoclasta.’

O resto está aqui.

Anúncios

8 pensamentos sobre “Trudeaus caídos

  1. sam

    A partir do momento em que o Canadá fechou as portas à emigração europeia, ficou claro que o país ia entrar, mais cedo ou mais tarde, em retrocesso.

  2. O que podemos discutir nisso tudo (mas talvez não seja muito relevante, admito) é a caracterização de Trudeau como “esquerda”; afinal, o partido dele é o partido-irmão de muitos partidos europeus normalmente considerados de centro-direita (como o FDP alemão, o VVD holandês, o VLD belga, etc.) e está à direita do partido-irmão canadiano do PS (o NDP).

  3. O Trudeau é bem o exemplo do triunfo da política espectáculo, embora feita sem os arrazoados do tio Adolfo. Aquela carinha de parvo e a agenda politicamente correcta, as piadinhas imbecis e as causas certas nunca falham. Não é por acaso que se dá tão bem com o amigo Obama, outro artista.

  4. “NDP = BE
    Liberal Party = PS
    PC (Progressive Conservative ) = PSD/CDS”

    Pelo menos em termos de relações formais entre partidos, não

    NDP = PS (Internacional Socialista)
    Liberal Party = PSD nos anos 80 (Internacional Liberal)
    Conservatives = CDS (União Democrática Internacional)

    O mais parecido com o BE será o Quebec Solidaire e o New Socialist Group (organizações frentistas contendo tendências afiliadas à IV Internacional).

  5. São artigos como este que me têm desgostado de ser militante e autarca pelos partidos da coligação de direita em Portugal.
    O Partido Liberal do Canada apesar da cor vermelha e se situar à esquerda do Partido Conservador do mesmo País em termos económicos tem muito a ensinar em termos de liberalismo à direita de Portugal, aliás por lá, onde nasci, a distinção esquerda/direita está muito mais à direita do que por cá e entre os dois partidos a distinção está mais nos costumes e no facto dos liberais serem mais próximos dos católicos , religião de Justin, enquanto os conservadores são monárquicos e anglicanos. O Canadá tornou-se num dos Países mais respeitados do mundo com o Partido Liberal no poder no tempo de Trudeau pai do atual Primeiro-ministro, enquanto por cá nos últimos anos nunca ficámos relativamente mais ricos com direita ou esquerda no poder,
    Mais, a Nova Democracia, apesar de ser homónima da direita grega e usar o laranja, nada tem a ver com o PSD, mas é a esquerda socialista do Canada e membro da internacional socialista… sem dúvida o irmão do PS que nunca chegou ao poder federal.
    Quanto o look do atual PM canadiano, deixe estar em paz, isso é estilo pessoal e não uma atitude política. Pudera Passos e Costa colocarem Portugal ao nivel do meu Canadá de nascimento e os Portugeses estariam bem melhor, mas dá para perceber que por cá a direita está num beco por culpa própria e por isso desviou a atenção para lá.

  6. lucklucky

    Canadá do Pai Trudeau:
    Enviar as tropas e tanques para a rua em tempo de paz. Por causa de raptos.
    Estar contra e a favor de preços fixados por lei. Etc. etc.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.