O Público deseduca

Quando os TpC se transformam num pesadelo em tempos de férias” e “E se jogar com o seu filho em vez de fazer uma ficha?” são os títulos do Público na página 2 e 4 desta edição de domingo de Páscoa. Revelam tanto de uma forma de olhar e estar na Educação das crianças que até revolta. Só faltava usarem também  “Os pais reclamam da falta de alternativas que as escolas dão nas férias escolares”, para agravar o enfado.

Gostaria tanto que os títulos fossem antes “Os TpC são uma vantagem para o sucesso escolar” e “Brinque com o seu filho, ensinando a concentração numa ficha escolar“. Mostraria o lado bom de termos uma vida estudantil saudável e positiva perante o futuro escolar em família.

Mas para escrever assim é preciso ter outra atitude e não andar na gargalhada que a nossa educação se vai transformando.

12 pensamentos sobre “O Público deseduca

  1. tina

    Eles estão a queixar-se em nome de quem, dos alunos dos colégios privados, que esses sim é que levam um monte de TPC para casa? Ou querem que a escola pública envie ainda menos trabalhos do que já envia?
    .
    Esquerda = Preguiçosos que depois culpam os que têm sucesso pelo seu próprio falhanço.

  2. “Os TpC são uma vantagem para o sucesso escolar”

    Há alguma prova que assim o seja? Não estou a dizer que haja ou não haja, mas a partir do momento em que os pais (e os avós) ajudam as crianças a fazer os TpC, acho que a sua razão de ser (que seria ensinar as crianças a trabalhar sozinhas) perdeu todo o sentido.

  3. Conhece certamente o motivo do sucesso do CR7 no futebol? Treinou na sua performance arduamente mais do que os outros. Não conheço os estudos que o provem, mas sei que trabalhando e exercitando as nossas capacidades intelectuais regularmente o sucesso aumenta. Ainda que haja alunos que (pelas suascsptidoes naturais) não precisam . A ajudas dos pais ou avós é no acompanhamento não na resolução de problemas que os TpC tenham. Os TpC , na minha opiniao, servem menos para as crianças trabalharem sozinhas e mais para desenvolverem uma boa relação com o estudo continuado .

  4. bump

    Muito mais interessante era deixaram, tanto o público como o autor deste post, de discutir se há ou nao muito TpC e passassem a olhar para os países onde realmente o sucesso escolar é, de longe, superior ao nosso.
    Sim, os países da europa do Norte. Sim, é toda uma outra discussão de valores e culturas. Mas resultados, são resultados.

    Ainda há pouco tempo o mesmo jornal publicou um artigo sobre a percentagem de alunos que têm um problema com a escola. É elevado. Provavelmente os nosso valores (de como olhamos para a escola e professores) estão errados.

  5. Luís Lavoura

    Tina

    os alunos dos colégios privados levam um monte de TPC para casa

    O meu filho mais velho anda num colégio privado e não trouxe nenhum monte de TPC para as férias. Desde que está de férias ainda não trabalhou basicamente nada.

  6. Luís Lavoura

    Manuel P.C.

    Conhece certamente o motivo do sucesso do CR7 no futebol

    Basicamente, jeito, talento natural. O trabalho é essencial, claro. Mas o motivo crucial do sucesso é o talento. Muitos outros também trabalham, mas nunca alcançam sucesso.

  7. Meu caro Luís Lavoura. O exemplo do CR7 foi propositado. Talent natural há imenso espalhado por aí nos mais diversas áreas. Mas o CR7 não se contentou com isso. Trabalhava Alcochete e trabalhava em Manchester mais umas horas que os seus colegas a fazer várias actividades que o tornaram no Melhor do mundo. Foi muito trabalho em cima do talento, mas nem todos querem esse extra de trabalho quando tem talento (e pior ainda quando nem sequer o têm). Um abraço

  8. Uma cultura não se muda de repente. Mas os títulos de jornais vão fazendo uma cultura. Vão fazendo uma forma de educar pelos pais que lêem estes artigos sobre uma forma de ver a educação portuguesa. Apenas quis salientar isso. Concordo que os valores e a cultura portuguesa precisariam de mudar muito para chegar aos níveis nórdicos.

  9. lucklucky

    Como é que CR7 é exemplo? Ele trabalhava porque queria numa coisa muito particular de que gosta.
    Não tem comparação.
    TPC é mais um sinal de falhanço de uma escola totalitária – não existe ensino privado – e de professores.
    É claro que o Publico jornal Marxista não o diz.

    Um pai ensinar juro composto a um filho faz mais que todos os TPC.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.