Marketing e telhados de vidro

 

O Bloco é apenas um produto de marketing. Sabem picar, sabem escolher os assuntos que chocam, ou que comprometem os outros, para criar polémica. Foi por isso que escolheram o cartaz em cima, mas se calam quando homossexuais são presos e torturados por regimes totalitários como o Irão. Foi também dentro desta lógica que se indignaram com a greve de fome de Luaty Beirão, mas não quiseram receber o dissidente cubano Guillermo Farinas.

O Bloco lembra-me aqueles rufias que fugiam ao primeiro sinal de perigo. É bom meter-se com a Igreja Católica. Agora, com o Irão, o Estado Islâmico ou Cuba, está quieto. O fenómeno não é novo. Vimo-lo também durante a Guerra Fria, lembram-se?

O BE reduz-se a isto: um produto de marketing, com muitos telhados de vidro.

Anúncios

23 thoughts on “Marketing e telhados de vidro

  1. PG

    Podiam subir um degrau e arranjar um cartaz a favor da poligamia: “Maomé também tinha 12 mulheres”… TAU!
    Ah… espera… Não dá… os católicos são bem mais tolerantes.

  2. Gonçalo Dinis

    Pela não discriminação das crianças doutras religiões, exijimos um cartaz igual para todas as Religiões. Terão coragem para fazer um com Maomé?

  3. António Costa é o Salvador

    Pela não discriminação das crianças doutras religiões, é urgente fazer um cartaz com figuras religiosas doutros credos. Terão coragem para fazer um com Maomé?

  4. Rodolfo

    Que metam a foto do profeta do Islão para passar a mensagem aos muçulmanos. Já que defendem tanto a igualdade, os muçulmanos também deviam receber a mensagem.

    Pois claro, como diz o autor, está quieto. Aí eles andam com o rabo entre as pernas..

  5. lucklucky

    Mais uma vez o falhanço completo em entender o que é o Bloco de Esquerda.

    O Bloco de Esquerda é Marxismo, e o que é o Marxismo? é o Anti-Ocidente.

    O Bloco de Esquerda não está contra o Irão porque o Irão não é aliado do Ocidente, se fosse já estava contra.
    As causas da Esquerda Marxista são falsas só existem se ajudarem a desconstruir o Ocidente.

  6. jc

    A seita do berloque é provocadora e este cartaz é uma provocação a todos os cristãos, pois traz o sagrado Jesus Cristo para o debate sobre a homossexualidade / adopção gay O que é que JC tem a ver com a homossexualidade ? ou o que é que o pai de JC tem a ver com o assunto ? por acaso vivia maritalmente com outro homem ? Isto é provocação gratuita de bandalhos sem vergonha na cara que sentem horror ao verem um crucifixo numa sala de aula mas não têm vergonha em trazer cartazes com JC para a luta politica.

  7. quink644

    O bloco de esquerda resolveu fazer esta paródia com Jesus… Porque não o fizeram com Maomé? Desafio-vos a fazerem-no, cobardolas! Fico à espera da igualdade…

  8. Miguel Alves

    Com o bloco só não se pode fazer piadas com pretos, homosexuais, refugiados, islão e mulheres esganiçadas e minorias.

  9. tina

    Lucklucky tem toda a razão, não é medo do islão mas simplesmente a identificação com o espírito anti-ocidental. Cada vez que um terrorista mata 100 pessoas no ocidente, o coração de um bloquista exulta. Para eles, o dia mais negro da história foi quando Bin Laden foi morto.

  10. Jose Pedro

    O Bloco é ôco, e isso é o ponto fraco deles. Isto é só para provocar os Cristãos, só mostra como eles são.

    O objectivo do Bloco é mandar a nossa cultura a baixo, tal como diz o lucky. Eu acredito que o resto da sociedade está a acordar para esta realidade mas neste momento ainda nem todos percebem, eles só querem destruir!
    E o que querem o Bloco e companhia fazer à nossa sociedade? Um estado “moderno” (totalitário) e “progressista” (podre).

    Eles não prestam e o que não presta deve ir para o lixo.

  11. Joao Bettencourt

    “a identificação com o espírito anti-ocidental.”

    Totalmente de acordo. Mas o que se pode fazer para combater esta lacra do marxismo cultural? Esta por toda a parte. Jornalistas e académicos controlam a cabeça das massas. Salvo raras exceções – Spectator, Standpoint, o Ferguson, quem mais? – já ninguém defende o Ocidente. Estará a civilização ocidental perdida? Muito temo que sim.

    Ainda há umas semanas estava a ver o BBC Dateline e uma jornalista dizia que o que ela queria era viver numa Europa desenvolvida e multicultural (discutia-se a crise/invasão dos refugiados/infiltrados e o fim de Schengen) e eu perguntava-me onde e que esta gente se forma? Por acaso o multiculturalismo que desenvolveu a Europa? Ou foi a cultura judaico-crista e o capitalismo que fizeram nascer na Europa a civilização mais avançada que este mundo já viu? Escusado será dizer que antes da mentecapta acabar a frase já tinha mudado de canal!

  12. Pedro

    Hoje o BE ofendeu uma trupe imensa de pessoas com um cartaz até bastante inofensivo acerca de uma personagem religiosa… ESCÂNDALO!

    A minha reação foi a reação simples de um liberal: giggle interno ligeiro

    Não fosse a reação de toda esta trupe, em prol de um qualquer estatuto acima da ofensa para a sua crença particular e que tipicamente não alargam às restantes crenças, já me tinha esquecido do mesmo.
    Assim fica registado na minha memória.

    O cartaz cumpre a sua função. Dá nome ao BE, põe as pessoas a falar do BE e, marginalmente, do assunto do cartaz…

    O próximo cartaz do BE devia ser “Um grande bem-haja a todos os nossos críticos” com a seguinte imagem

  13. Pedro

    O BE tem telhados de vidro… certo e gravíssimos para quem anda a mandar bocas sobre liberdade de expressão.
    Mas quem é que aqui vê o BE como um defensor seja de que liberdade for! 🙂

  14. Miguel A. Baptista

    DEMOS GRAÇAS AO BLOCO

    O meu pai costuma dizer “demos Graças a Deus mas não façamos graças com Deus”. Por acaso não comungo dessa visão. Tal como Nietzsche, ou o Padre Tolentino, acredito num “Deus que dança” e que tem sentido de humor.
    No entanto, apesar de eu não me ofender, e de acreditar que Deus não se ofende, entendo que essas piadas não devem ser ditas por atores do espaço político. Assim como piadas acerca da orientação sexual, rácicas ou de género.
    Até porque há pessoas que se ofendem com facilidade. Eu até sei de uns que ficaram ofendidos, e exigiram um pedido de desculpas, porque se referiram ao tom agudo da sua voz.

    Esganiçado (dicionário Priberam)
    es.ga.ni.ça.do
    1. (som, voz) muito agudo; estrídulo
    2. alto e magro; esguio

    http://www.tvi24.iol.pt/politica/bloco-de-esquerda/esganicadas-do-bloco-partido-exige-desculpas

  15. tina

    “Com o bloco só não se pode fazer piadas com pretos, homosexuais, refugiados, islão e mulheres esganiçadas e minorias.”

    ahahahaha!…

  16. hajapachorra

    Deixai-me defender o berloque. O cartaz que não era cartaz não foi concebido pelo berloque, mas sim pelo paráclito do berloque. Não sabeis quem é o consolador do berloque? Ignorantões.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.