O pai, o filho e o neto da democracia II

4200 de seriedade.

(…) Partindo da garantia de que os seus “filhos não devem, nem têm!, nenhuma espécie de privilégios”, o socialista diz que também por isso não podem “ser prejudicados”.

O discurso assume um teor mais pessoal: “Sou um homem sério. Que sempre exerci de forma desapegada de interesses materiais, no plano pessoal, as funções públicas que desempenhei e desempenho”.

“Há, passe a imodéstia, muita gente tão séria como eu, mais do que eu não”, termina o socialista. (…)

Leitura complementar: O pai, o filho e o neto da democracia.

10 thoughts on “O pai, o filho e o neto da democracia II

  1. José7

    Coitadinho!… Desde que bateu com a cabeça na queda do avião na Jamba nunca mais disse coisa com coisa…

  2. maria

    Desde Soares que o PS pôs na função pública 350.000, por isso, contando com as familias será muito difícil o PSD e CDS voltar ao poder. Costa vai ocupar tudo o que possa para os boys.Mais, o PS pode aplicar os impostos que lhe apetecer que ninguém leva a mal, até o desculpam, coitadinho!

  3. maria

    Ainda hoje um familiar me disse que a sua pensão aumentou 1,06€. Uma vergonha. nem Passos fez isto. No entanto uns milhares levaram mais só de aumento que 500.000 pensionistas têm de pensão! Vergonha!

  4. tina

    Uma pessoa séria que pôs o filho como assessor cultural a ganhar 2800 euros?? Estes chulos já perderam qualquer pingo de vergonha. O pai corrompe o filho, tal como já o avô corrompeu o pai. Julgam que põem e dispõem do erário público. Deviam ser julgados por nepotismo e corrupção.

  5. tina

    “Um deles é um licenciado em História com 30 anos que, embora não tenha currículo partidário conhecido, é filho e neto de dirigentes socialistas. Mário Barroso Soares, que desempenha também as funções profissionais de secretário de uma pequena sociedade de advogados desde Janeiro do ano passado, é neto de Mário Soares e filho de João Soares, actual ministro da Cultura e antigo presidente da Câmara de Lisboa.”

    Licenciado em História, secretário numa sociedade de advogados e vai agora ganhar 2800 euros!… Que GENTE MAFIOSA E SUJA, se fosse noutros tempos o povo tinha-os fuzilado.

  6. Pingback: O pai, o filho e o neto da democracia III | O Insurgente

  7. Pingback: O pai, o filho e o neto da democracia IV | O Insurgente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s