Gaspar Castelo-Branco: a importância da memória

Gaspar Castelo-Branco, finalmente – 30 anos depois. Por Manuel Castelo-Branco.

Gaspar Castelo-Branco era director-geral dos Serviços Prisionais quando a 15 de Fevereiro de 1986, véspera da segunda volta das eleições presidenciais, foi assassinado a sangue frio pelas FP-25 Abril, com dois tiros na nuca.

A partir desse dia o País apercebeu-se que o terrorismo era uma ameaça real. Nos dias seguintes, Cavaco Silva, então primeiro-ministro mudou-se com a família para a residência oficial em São Bento. Todos os ministros, sem excepção, passaram a andar com guarda-costas e vários seguranças pessoais. Os juizes e Procuradores do processo FP-25A passaram a ser guardados dia e noite, pernoitando, às vezes, em locais alternados e sempre secretos. Quem sabe se por essa razão, nem o primeiro-ministro Cavaco Silva nem o Presidente da República em exercício Ramalho Eanes ou o recém eleito Mário Soares estiveram presentes no enterro.

(…)

Hoje, Gaspar Castelo-Branco é finalmente condecorado com a Grã-Cruz da Ordem do Infante D. Henrique, no dia em que faz 30 anos sobre a data em que foi assassinado. Primeiro ostracizado, depois ignorado e finalmente esquecido, para que no final, após 30 anos, a verdade seja reposta e a injustiça parcialmente reparada.

5 thoughts on “Gaspar Castelo-Branco: a importância da memória

  1. ali kath

    assisti casualmente aos tiros ao industrial da Marinha Grande
    nunca pensei que um buiça estivesse tão cagado de medo

  2. Paxeco das Peras

    E o expresso do senhor Pinto não considera as FP.s 25 A como grupo terrorista. Provavelmente era eles que lhe guardavam as costas

  3. Rick

    O facto de na prática ser impossível homenagear as vítimas do terrorismo na AR, diz tudo sobre a canalha que por lá repta em torno do poder e do dinheiro dos portugueses. E isso não incomoda intelectuais, jornalistas, eleitores nem políticos da chamada direita. As diferenças não são afinal muito acentuadas. Tudo filhos de Abril, que é uma senhora com a profissão mais velha do mundo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s