A Culpa

burro-shrekNa Venezuela, o governo retirou a independência ao Banco Central e a inflação foi de 700% em 2015. O governo Venezuelano culpa os especuladores e os comerciantes. Na Coreia do Norte, um mau ano agrícola condena dezenas de milhares a morrer de fome. A culpa é dos vizinhos do sul, que até acabam por salvar o norte com os seus excedentes. No Brasil de Lula e Dilma, do campeonato do mundo e dos jogos olímpicos, a economia entrou no 3º ano consecutivo de queda do PIB, pela primeira vez na sua história. A culpa, dizem, é das forças de oposição interna e dos juízes. Na Grécia elegeram o Syriza, desenharam um plano para assaltar o Banco Central, organizaram um referendo para um acordo que já não era válido e acabaram sem dinheiro nas caixas multibanco, com uma economia a desabar e um plano de austeridade ainda maior do que antes. A culpa, claro, é do Euro e da Merkel.

Em Portugal, já sabemos, a culpa será da Comissão Europeia e de Schauble. É também de Passos Coelho que herdou um país na bancarrota e, por qualquer motivo, não o deixou ao nível de Singapura, com bancos sólidos e sem défice público. A culpa será da crise internacional e do Deutsche Bank. Eventos que, por um mecanismo qualquer que nem as ondas gravitacionais explicarão, afectarão mais Portugal do que os restantes países da Europa.

Na Irlanda dos benefícios fiscais às SGPS, das taxas de IRC baixas, a economia cresceu mais em 2015 do que a portuguesa em 14 anos. Em 2016 crescerá mais do dobro do que o fantasioso plano de Centeno inicialmente previa para Portugal. O salário médio líquido é de 2 mil euros, num país que era mais pobre que Portugal ainda no tempo de vida da maioria dos leitores. A culpa disto é só deles.

17 thoughts on “A Culpa

  1. Paxeco das Peras

    Pergunta a minha curiosidade.
    — Esta foto do Centeno já é de 2016 ou ainda do tempo em que dava aulas?

  2. Dário

    A escardalha é assim mesmo. A culpa é sempre dos outros. Nunca aprendem com a experiência nem estão interessados em aprender. O que interessa é o futuro – o futuro dos amanhãs que cantam.

  3. Baptista da Silva

    Aculpa é do lobby do PSD/PP em Bruxelas, essa ideia já foi lançada.

    Nunca é culpa da esquerda, NUNCA!!! E o povinho cai nisto.

  4. Kubo

    Uma excelente síntese feita por Carlos Guimarães Pinto.

    A culpa é o dinheiro dos outros acabar…

    Dado que o “Socialismo significa apenas inveja do dinheiro alheio” (Paolo Mantegazza) – “O socialismo dura até acabar o dinheiro dos outros” (Thatcher)…

  5. A. R

    O Costa anda por aí em tertúlias e manda os ministros fazer o mesmo. O Costa já actua como actuava o Chavez: populismo, ilusão e mentira

  6. O pacheco pereira e o nicolau santos andam muito activos a tentar culpar os outros, portanto a desculpar o governo. Total falta de isenção. Este nicolau já não esconde para quem trabalha, melhor, de quem depende.

  7. Anticapitalista

    Saudosos pafistas, é o que mais se vai vendo por aqui!

    É só pafistas bafientos….

    Mas têm que aguentar, porque eleições legislativas só daqui por 4 anos.

    Estavam habituados e habituadas aos do arco, mas o discernimento e inteligência de um velho operário metalúrgico, na passada noite de 04.10.2015, permitiram, felizmente, a quebra do dito cujo, recuperando a esperança à maioria das portuguesas e portugueses que não são pafistas, se bem que estas e estes tivessem ficado ressabiados e, como provam com estas miseráveis evacuações que por aqui vão deixando – as quais já fedem a merda – com os seus estômagos a não reagir bem ao XANAX, o que eu, pela insistência sistemática destas masturbações intelectualoides e evacuações descabeladas e desbocadas, já nem lamento!!!…..

  8. JS

    Espetáculo caro (para o contribuinte privado) mas assaz curiosa, esta Eurozona dos Euros.
    Um indicado Primeiro Ministro a ser corregido nas suas políticas eleitorias por PMs de outros Países. E devidamente corregido diga-se.
    Consequentemente, um Ministro das Finanças a ser corregido pelos seus pares de outros Países, qual menino de escola, porque cometeu elementares erros de somar e subtrair (no pun intended).
    Curioso como um PM e um MinFin precisam de ser admoestado por não cumprirem o que de antemão deveriam saber que teriam que … . Não sabiam ou “é feitio”?. A. Costa vivia aonde?.
    Aquando similar caso com a Grécia houve muito boa gente que não percebeu …

  9. Alberto Silva

    O sacrossanto mercado é que produz maravilhas. O que a Irlanda faz é roubar os outros países dado que devia ser ilegal e imoral desenvolver a atividade num país e por benefício ir pagar os impostos num outro. O autor em vez de criticar a Irlanda ainda a enaltece. Pouco mais tenho a dizer sobre isto visto estar num posição diametralmentre oposta em termos de pensamento. Podia também falar na Suécia, Dinamarca, Finlândia no texto mas dado que são países onde o peso do Estado na economia é elevado algo que o autor diaboliza, mas que tal produz bons resultados em termos de coesão social decidiu omitir estes exemplos.

  10. André Miguel

    Alberto Silva tenha juízo! Nos países nórdicos o Estado praticamente não interfere na economia além de cobrar impostos. Não se compara a liberdade económica deles com a nossa! Por cá queremos chuva na eira e sol no nabal, impostos elevados e uma burocracia e entraves ao investimento e empreendedorismo brutais!
    Estamos condenados a empobrecer, para o deleite dos anticapitalistas a cada bancarrota.

  11. André Miguel

    Anticapitalista, já lhe perguntei mas não obtive resposta, por isso repito: o PC onde escreve é seu ou da cooperativa?!

  12. Fernando S

    Alberto Silva : “O que a Irlanda faz é roubar os outros países dado que devia ser ilegal e imoral desenvolver a atividade num país e por benefício ir pagar os impostos num outro.”

    Os outros paises é que teem impostos demasiados elevados para suportar um Estado demasiado pesado e gastador.
    Os outros governos é que procuram “roubar” as empresas que teem nos seus paises actividades que produzem riqueza, criam empregos e já pagam impostos.
    O que certas empresas fazem é perfeitamente legal e legitimo : optimizam a respectiva função fiscal deslocando para paises com impostos mais baixos uma parte das suas actividades, que vão de certas fases da produção (por exemplo, a montagem final de produtos) até à gestão integrada (“back office”) e administração de participações(“holding”) passando pela logistica da distribuição(centros de concentração e reexpedição de inputs e outputs).
    E se os outros paises não baixarem os respectivos impostos correm ainda o risco de poderem vir a perder as actividades que ainda estão neles localizadas.

  13. Jorge

    Só uma correção: a inflação de 700% é a prevista para este ano, não a registada em 2015. De qualquer forma o ponto mantém-se.

  14. A. R

    “O sacrossanto mercado é que produz maravilhas. O que a Irlanda faz é roubar os outros países dado que devia ser ilegal e imoral desenvolver a atividade num país e por benefício ir pagar os impostos num outro.”

    Sempre a culpar os outros das asneiras próprias! Não aprendem: o cheiro a formol das relíquias soviéticas tolhe o olfacto.

  15. Alberto Silva,

    Nos anos 80 os países Nórdicos tinham um Corporate Tax Rate de 40-50 % para a Dinamarca, e superior a 60 % para a Suécia e a Finlândia. Hoje o Corporate Tax Rate é a volta dos 20 %.

    Fontes :
    http://www.tradingeconomics.com/finland/corporate-tax-rate
    http://www.tradingeconomics.com/sweden/corporate-tax-rate
    http://www.tradingeconomics.com/denmark/corporate-tax-rate

    No que toca a ranking de liberdade económica poderá constatar em http://www.heritage.org/index/ranking que a Dinamarca ocupa o 12º lugar, Finlândia o 24º lugar e a Suécia o 28 º lugar e encontram-se na categoria mostly free. Portugal, por sua vez ocupa o lugar 64. Portanto acho que podemos concluir que temos de descer ainda mais para obter prosperidade.

    Para além disso, países como a Suécia têm IVA a 25 %. A mim parece-me que este imposto prejudica muito mais os mais pobres do que os mais ricos:
    http://www.tradingeconomics.com/finland/sales-tax-rate
    http://www.tradingeconomics.com/denmark/sales-tax-rate
    http://www.tradingeconomics.com/sweden/sales-tax-rate

    Essa história dos países nórdicos é pura propaganda , a mesma propaganda que se fazia à uns anos sobre a Albânia como um exemplo para Portugal.

  16. lucklucky

    “O sacrossanto mercado é que produz maravilhas.”

    O sacrossanto mercado é que faz com que não estejas com fome.
    O sacrossanto mercado é que paga o Estatismo que tanto gostas.
    O sacrossanto mercado é que te deu a maior parte da melhoria da qualidade de vida.

    Porque é que não abres uma comuna para os que acreditam como tu?
    Ai já podes te alimentar sem estar contaminado pelo mercado. ter tecnologia sem estar contaminado pelo mercado…

    Deixa o mercado para nós e tu segues o teu caminho com os que acreditam no socialismo.
    É evidente que isso já não queres não é?
    Pois o socialismo é totalitário, têm de impedir os outros que não concordam.
    A tua ideia e a da Esquerda é sempre impedir os outros de escolherem um outro caminho.

Deixar uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s