“Princípio da Igualdade”

igualdade

Advertisements

23 thoughts on ““Princípio da Igualdade”

  1. Comuna de Direita

    “Como é que isto passa no tribunal constitucional?!”
    Porque os Juízos são funcionários públicos… easy 🙂

  2. A reforma mais cedo e com menos anos de descontos no setor público, justifica-se pelo sacrifício e pela dureza do trabalho. Um trabalho que sendo tão pesado, não chega a magoar as mãos, mas cria dolorosos calos no traseiro. Só os macacos sofrerão tanto como eles na sua vida profissional.

  3. Dervich

    É curioso que, perante este filão, os FP continuem a insistir em se reformar aos 66, 67, etc. Só confirma quão desqualificados são, pois nem sequer sabem se governar a si próprios.

  4. lucklucky

    “Como é que isto passa no tribunal constitucional?!”

    O Tribunal Constitucional não existe para proteger a Constituição, existe para dizer que normas da Constituição podem ser violadas e por quem.

  5. tina

    Costa assume que os funcionários públicos são como ele, pessoas gananciosas que ficarão contentes com tudo o que receberem, mesmo que represente uma grande injustiça na sociedade. O eu, dinheiro e poder acima de quaisquer outros valores.

  6. Ana Lopes

    Não é que eu perceba muito de politica, mas os funcionários públicos ficam ofendidissimos porque tem que reformar-se 5 anos mais tarde, mas nao se fazem rogados no que toca a trabalhar 35h semanais quando no privado se trabalham 40 h e mais p/ semana ?! Deixem-se de pieguisses !

  7. hajapachorra

    Esse quadro é uma mentira tão descarada que devia envergonhar o cocheiro bolsa-na-mão. Mas vergonha é coisa que esse damaso salcede não tem. Se dá na sic, ou noutra tv qualquer, desconfiem, porra.

  8. Manuel Rosa

    E aqueles que tal como eu , com 57 anos , por necessidade começaram a trabalhar aos 14 anos e que já levam 43 anos de desconto ??
    Com 100 no total já poderiam ser reformados ???

  9. Fátima Gonçalves

    Sr. Primeiro Ministro – António Costa, explica-me sff e como se eu fosse muito burra….
    E diz-me para que serve a tão falada, aliás decretada, igualdade de género….. mesmo que isto vá muito além desta questão de @?

  10. Abílio Santos

    Estas regras apenas se aplicam a quem desconta para a Segurança Social. Os funcionários públicos que descontam para a Caixa Geral de Aposentações (CGA) não sofreram restrições às reformas antecipadas neste período, continuando a poder sair do mercado de trabalho com 55 anos e 30 de descontos.

  11. Riccardi

    Tem lógica.
    1)Estatisticamente o FP morre mais cedo.
    2)São os melhores clientes dos psicólogos.
    3)Descontam sobre a totalidade daquilo que ganham. Não há na FP fuga fiscal ou ‘eficiência fiscal’
    4)25% são das forças de segurança, e a gente agradece que se reformem mais cedo. A bem da nação.
    5)Convidar um FP a reformar mais cedo com descontos brutais na pensão faz bem às contas do estado. Se eu fosse min das finanças permitia que pudessem reformar-se aos 40 anos com a penalização actual na pensão futura.
    6)É um bom negócio para o estado promover reformas antecipadas com desconto. Prioridade aos FPs pelas razões apontado em 5).
    .
    Rb

  12. João

    Isto é claro o PS vai buscar votos aos funcionários públicos, logo facultam esta mama.
    Quem é que no seu perfeito juízo acha que isto é correto? 35H ou é para todos ou não é para ninguém!

  13. maria mota

    Vejo ak tantos comentários aos funcionários publico…mas funcionário publico não só aquele que assenta o cu na cadeira e ganha calo como o macaco como foi deixado aqui numa resposta, pois eu entre privado e publico já tenho 48 anos de descontos mas com ainda me falta idade só terei reforma depois de estar no buraco ou então morria de fome!!!….enquanto amas para o mundo os funcionários públicos ganhão muito bem e trabalhão pouco era bom as pessoas antes de falarem verem que na função publica a trabalhos bem duros a não ser que sertãs pessoas não tenham olhos na cara pois queria ver certa gente a fazer calçada e outros bem pesados como cavar covas em cemitérios….ai sim ganha-se calos mas é nas mãos e havia muito mais para dizer a certos parasitas que tão bem falam.

  14. Bino

    Haja alguém para pedir a fiscalização sucessiva da medida para verificar se passa ou não no TC. É preciso pôr-los à prova.

  15. indignado do FB

    Os Privados têm de pedir a inconstitucionalidade deste tratamento desigual. Se era inconstitucional para cortar benefícios no Público é inconstitucional discriminar ou diferenciar para atribuição de regalias. De justiça ou mérito da diferenciação nem se fala. Mas se fossem merecidas o País tinha de estar numa situação muito melhor.
    Pérolas as porcos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s