Mais Um Ano, Mais Um Orçamento Inconstitucional

Mais um ano, mais um orçamento inconstitucional. Para quando um orçamento em que as receitas consigam cobrir as despesas?

Inconstitucional

14 pensamentos sobre “Mais Um Ano, Mais Um Orçamento Inconstitucional

  1. José7

    Não sei o que é mais preocupante: se mais uma vez as receitas não cobrirem as despesas, se a indiferença que este facto já provoca como se pode comprovar pelo número de comentários que mereceu… ao que nós chegámos…

  2. João Pereira

    Bom,
    Mas a desigualdade não é para aqui chamada?
    Existe uma desigualdade, entre receita e despesa, e a despesa tem sempre o apoio do TC..😜😀✌️

  3. Os autores deste blogue têm um problema com lógica e dialética. O artigo diz que as receitas devem cobrir as despesas, não que as despesas se devem adaptar às receitas. Que o Estado em Portugal é glutão ninguém duvida, mas não façamos interpretação erróneas.

  4. Dói dói

    E as receitas são necessárias e suficientes para a despesa? (…desde 1977…)
    Lógica?! Dialética?! De quem?!

  5. contabilista

    por estas e por outras é que o pais chegou a aonde chegou . em vias de extinção . està enganado . não entra como receita mas sim como DIVIDA . Aprenda

  6. Oliveira

    Alguem conhece os dogmas financeiros de Salazar ? Já tinha sido tudo preso pela PIDE .
    Constituições longas para ninguem ler e feitas por autenticas cabeças de ovo que nunca aprenderam a somar e a dividir …

  7. contabilista

    joão pimentel . Em gestão , a disciplina mais dificil de ensinar é a contabilidade (quer a nivel do secundário quer a nivel universitário) . Façamos um esforço . In casu , nunca pode falar de receita . Pede emprestimo ,concedido . 1º facto patrimonial – Contas do Balanço – . Entra(a debito) dinheiro em caixa ou depositos – partidas dobradas – A credito – no Passivo , Conta Bancos .
    Neste 1º facto patrimonial nunca acontece nem despesas nem receitas . E a seguir é mais provável surgirem despesas e não receitas(correctamente se diz proveitos)
    P.S.
    Antes do Lucas … inventar as partidas dobradas , há mais de um século talvez lhe chamassem receita . Um hoteleiro com restaurante ia todas as noites para o Casino do Estoril jogar com a receita do dia convencido que era tudo lucro . São maneiras de falar mas tecnicamente incorrectas . (me perdoe , mas detesto o acordo ortográfico)

  8. tem razão, referia-me a dinheiro em caixa e não a receita. Mea culpa! Mesmo assim parece-me que há uma falha conceptual na análise jurídica ao artigo da CRP.

    João Pimentel Ferreira

    2016-02-09 21:10 GMT+01:00 O Insurgente :

    > contabilista commented: “joão pimentel . Em gestão , a disciplina mais > dificil de ensinar é a contabilidade (quer a nivel do secundário quer a > nivel universitário) . Façamos um esforço . In casu , nunca pode falar de > receita . Pede emprestimo ,concedido . 1º facto patrim” >

  9. contabilista

    Para já damos um exemplo da utilidade que estes blogues podem ter .
    Vamos aos conceitos . 1º Custos(que podem não ser despesas nem pagamentos) e Proveitos(que podem não ser receitas nem recebimentos ) 2º Despesas (que podem não ser pagamentos) e Receitas(que podem não ser recebimentos) 3º Pagamentos=saida de valores e Recebimentos = entrada de valores .
    Um reparo . Isto vale numa optica empresarial onde vigora por motivos de controlo o metodo das partidas dobradas .
    Mas no ESTADO é diferente e antiquado . Num lado , as receitas dos Impostos .Por outro as despesas do Estado . Por diferença ou temos o superhavit ou o deficit que será coberto com emprestimos (divida publica) , emprestimos que são impostos adiados

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.