Batei, filhos, batei muito esse pé

Esta notícia da tvi (aquela estação que apostou tudo num pânico bancário com uma notícia falsa sobre o Banif, em resultado do que a solução (?) Santander se precipitou, mas isso é outro assunto que vai – espero – dar pano para mangas) é curiosa, muito curiosa. Quem passeie os olhos pelo facebook, lê que «Bruxelas já deu luz verde ao OE2016». Quem clicar encontra outra coisa, como acabou neste instante de lhe acontecer, embora ainda parecida, no título: que as negociações «estão bem encaminhadas». Quem ler a notícia descobrirá que é uma afirmação de Pedro Nuno santos, um dos Al-Sahhafes de Costa. Mas se ler tudo até ao fim, intrigado com a coisa, perceberá que há entre Bruxelas e o Terreiro do Paço um diferendo de 500 milhões. De modo que tendes de continuar a bater o pé. Batei, filhos, batei muito esse pé, e pode ser que de tanto baterdes o défice projetado mingue mais um pouco, o crescimento encurte outro tanto, e etc., etc. Quanto ao resto, o que é não é curioso, extremamente curioso mesmo, na tvi?

8 thoughts on “Batei, filhos, batei muito esse pé

  1. Baptista da Silva

    Acerca do Orçamento Estado 2016, António Barreto no DN:
    “É com Photoshop que está a ser feito o Orçamento do Estado para 2016. Põe um bocadinho de défice a mais, a ver se pega. Tira umas poeiras de dívida, talvez se arranje. Reduz a sobretaxa, aumenta o desconto, diminui o IVA, anda lá com um escalão de IRS. Vamos ver o que dá. Mau, diz o Bloco. Péssimo, grunhe o PCP. Não chega, rosna a UE. Volta-se atrás. Põe lá uns pozinhos no PIB, dá um cheirinho na inflação, empurra um ponto na exportação, talvez sirva. A UE diz que não. O Bloco garante que está a passar as marcas. O PCP declara que isto não estava no acordo. A impoluta Unidade Técnica de Apoio Orçamental alerta: este orçamento não pode ser cumprido. O Conselho das Finanças Públicas torce o nariz e afirma que o orçamento não tem em consideração os riscos relevantes da actual situação. A empresa de rating DBRS, a única que permite que Portugal vá buscar dinheiro ao BCE, adverte que talvez Portugal desça de escalão. Vamos lá outra vez. Mexe um pouco no PIB, tira o IVA, deixa o IRS, desce a taxa, sobe a sobretaxa, põe tabaco, tira combustíveis, aperta a pensão, esfrega o salário mínimo, dá cá um pouco de inflação, toma lá TSU… Bela maneira de fazer um orçamento.”

  2. Baptista da Silva

    No Ionline:
    ” João Galamba, do PS, não deixou margem para dúvidas na acusação: “a tentativa de impor austeridade por interposta pessoa fica-vos mal”. Isto, horas depois de ter sido posta a circular uma falsa notícia que dava conta de que Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, liderava um lobbie em Bruxelas, junto do PPE, para dificultar a vida ao Executivo de António Costa.

    Pedro Filipe Soares, líder parlamentar do BE, alinhou na mesma diapasão contra PSD e CDS. O bloquista apontou o dedo ao que diz ser uma “campanha mediática orquestrada pela Comissão Europeia” contra a proposta de Orçamento do Estado que será entregue até sexta-feira na Assembleia da República. Soares acusou ainda o PSD de ter em Bruxelas um “eurodeputado que parece porta-voz da Comissão Europeia”. E rematou: “a política de choque e de pavor devia envergonhar quem se diz democrata”. ”

    A culpa nunca é da esquerda, NUNCA!!!!

  3. JP-A

    Três curiosidades:
    a) ainda há pouco alguém noticiava que a UE se pronuncia na sexta feira.
    b) o José Gomes Ferreira disse há dias na TV que não conhece nenhum país onde alguém dê uma notícia que leve as pessoas a acorrer a um banco sem que se saiba de absolutamente nada feito pelo MP.
    c) foi mesmo na hora H e serviu como uma luva

  4. JP-A

    O Costa Concórdia acaba de dizer em direto de Évora (RTP3) que “este era um orçamento que marcava a viragem”. Depois corrigiu! E repete o “virar da página da austeridade” vezes sem conta.
    Anote-se 🙂

  5. MP

    O padre nicolau, estava com tesão, ao escrever a crónica opinadora no expresso. O servente do concórdia xuxa bolchevique está a fazer bem o seu trabalho, lavar cerebros dos “inimputáveis mentais”, o tio concórdia vai escorregar com tanto estrondo, que a siderugia nacional vai a correr para a Espanha.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s