Infinita força

A natureza contraditória das utopias socialistas é uma das explicações da violência envolvida na tentativa de as impor: é preciso infinita força para forçar as pessoas a fazer o impossível. 

Roger Scruton, Fools, Frauds and Firebrands: Thinkers of the New Left

Roger Scruton

Um livro a não perder.

5 thoughts on “Infinita força

  1. Euro2cent

    > de referência…

    Isso não é o adjectivo que costumam aplicar ao Público, N.Y. Times e assemelhados?

    Francamente …

  2. lucklucky

    É. De “referência” para um jornal ou Tv é um eufemismo para designar jornais que se dedicam a influenciar a política e menos a informar. Ele acham que é coisa boa…

    Na verdade o Expresso, o Publico, a Sic etc não passam de think tanks disfarçados.

  3. Se repararem bem, há sempre “pensadores” na esquerda.. nunca viram livros escritos por “fazedores” da esquerda… De que vivem os pensadores? Do dinheiro que cobram pelos livros que escrevem, pelas conferências que dão, etc… mas quem limpa as latrinas na sociedade de esquerda que eles idealizam?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s