Orçamento De Estado Para 2016 – Recordar É Viver

Longe vai o tempo, quando em Abril de 2015, Mário Centeno, João Galamba e António Costa apresentavam sorridentes e com orgulho o seu cenário macro-económico.

ApresentacaoCenarioMacroEconomico

O Insurgente desde bem cedo que sempre questionou as contas de Mário Centeno – ver aqui, aqui, aqui, aqui, aquiaqui, aqui, e mais recentemente aqui aqui.

Costa_Estudo

7 pensamentos sobre “Orçamento De Estado Para 2016 – Recordar É Viver

  1. Jorge

    Estamos a lidar com um bando de psicopatas, sedentos de poder, alheios ao sofrimento do Povo e ao bom nome de Portugal como país honrado e cumpridor dos tratados e acordos com os parceiros e credores, que está a conduzir o país, pela quarta vez desde a abrilada, para a bancarrota. O vigarista Costa é o procurador do PCP e do BE e, está visto, obedece caninamente aos dois partidos comunistas que o mantêm no poder. Enquanto isso, a ala responsável e moderada do PS desapareceu completamente o que mostra também a fraqueza de caráter dessa gente. Provavelmente, será necessário voltar ao abismo para que o eleitorado se livre desta canalha nojenta.

  2. Fernando S

    Aprendizes de feiticeiros !!
    O problema é que há demasiados portugueses que acreditam no milagre da multiplicação do pães (“gastar mais para crescer mais”).

  3. Expatriado

    Infelizmente sera’ necessario bater no fundo para que o eleitorado acorde da dose dos “direitos adquiridos” sem deveres.

    Deixem-os fazer o que se proposeram ate’ nao haver dinheiro para pagar salarios.

    Nao ha’ melhor “despertador”!!!

  4. Luís

    A população perdeu hábitos de trabalho e de estudo. A preguiça entranhou-se nos corpos e nas almas. Não vai ser fácil.

    Os centros de emprego são das coisas mais perversas que existem. Mandasse eu, fechava tudo. Há alternativas mais saudáveis para os contribuintes.

  5. tina

    “Estamos a lidar com um bando de psicopatas, sedentos de poder, alheios ao sofrimento do Povo e ao bom nome de Portugal como país honrado e cumpridor dos tratados e acordos com os parceiros e credores, que está a conduzir o país, pela quarta vez desde a abrilada, para a bancarrota.”

    Muito bem, Jorge.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.