Quem tem pára-quedas?

Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, ontem em entrevista à SIC Notícias (video):

Bruxelas chumbou o orçamento de França, chumbou o orçamento de Itália, chumbou o orçamento de Espanha e portanto a Comissão Europeia está numa deriva de destruição das economias e portanto cabe aos países e aos governos dos países serem claros na defesa da economia e emprego desses países.

A preocupação não deve ser a Comissão Europeia mas, sim, a agência de notação financeira DBRS. Talvez o inglês técnico dos deputados e governantes do Partido Socialista não seja o melhor para chegarem, rapidamente, ao entendimento de que aquela agência espera o cumprimento das regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento, conforme relembra João Caetano Dias:

DBRS_PT

Em Novembro do ano passado, a DBRS manteve o rating da dívida pública portuguesa um patamar acima de lixo, o que permitiu não só aos bancos portugueses usar tais títulos como colateral junto do Banco Central Europeu como, também, esta instituição proceder à sua compra no mercado secundário. A redução do rating (já a ser ponderada) seria, consequentemente, desastrosa para o financiamento de toda a economia portuguesa (pública e privada), elevando a probabilidade de novo pedido de resgate.

"Preikestolen" - Anna Bialkowska @flickr.com (creative commons)
“Preikestolen” – Anna Bialkowska @flickr.com (creative commons)

António Costa está, deste modo, “preso” entre a avaliação da DBRS e a teimosia ideológica da geringonça que, a ser contrariada, significará o início da queda do seu governo.

Vivemos numa época… (no mínimo) interessante. Cabe a cada um de nós não enfiar a cabeça na areia e preparar o nosso pára-quedas. Até pode ser que não seja necessário. Mas é sempre bom de ter à mão.

5 pensamentos sobre “Quem tem pára-quedas?

  1. T

    Até ao Preikestolen são umas boas 2 horas (ou mais) de caminhada bastante difíceis, os menos preparados vão considerar uma tortura, outros vão dizer que não foram avisados, alguns até exigiram que se faça uma estrada até lá acima. Pelo caminho não há nadinha para ajudar quem foi mais mal preparado – não obstante de ser uma popular atracção turística.
    Espero que após a caminhada o abismo não atraia o Costa e a sua entourage, é que já temos pouco para dar, apesar de quem votou nestes inconsequentes merecesse levar com a realidade.

  2. A esganiçada compara o incomparável para fantasiar as medidas demagógico-populistas-comunistas que Costa tem de aplicar para se manter no poder. O que ela deve comparar é o valor da divida pública de França e de Espanha comparada com a nossa… irá ver que a margem de manobra desses países é naturalmente maior, porque essa divida pública é incomparavelmente menor do que a nossa… Digamos que esses países ainda têm “crédito” e nós já “rebentamos” com ele após a gestão de Sócrates apadrinhada pelo Jorge Sampaio que o fez eleger PM…

  3. tina

    Quando a DBRS nos meter no lixo, aquela burra finalmente perceberá a diferença entre Portugal e o resto.

  4. antónio

    Ao contrário de Portugal, Itália e França são países “core” na economia e PIB da zona Euro. esta esganiçada das duas uma, ou é irresponsável ou tem má fé.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.