E vocês, continuam a querer seguir o SYRIZA?

Como escrevia noutro local o Miguel Morgado, há cerca de um ano a esquerda festiva (na qual se inclui os actuais PM e PAR) anda em festa com a vitória do SYRIZA. Previa-se mudanças e um “terramoto” à escala europeia. Hoje é ver por onde anda o “modelo grego”.

Governo grego enviou à troika a sua proposta para a reforma da segurança social, com cortes entre 15% e 30% nas novas pensões e aumentos na TSU a pagar pelas empresas e pelos trabalhadores.

4 pensamentos sobre “E vocês, continuam a querer seguir o SYRIZA?

  1. Jorge Libertário

    Quando o governo PSD/CDS cortou em 3,5% as pensões acima dos 1000€, as esganiçadas e companhia rasgavam as vestes contra a austeridade, agora que o seu Ídolo Tsipras corta as pensões acima dos 750€ em 15%, andam muito calados.

  2. … o que prova que a “esquerdalha” já não é o que era! — Começou a ter de fazer contas, por esta via enterrando a presunção antiga (e falácia de sempre) de que só a direita teria essa “competência”… Resta saber agora que diferenças continuarão a existir entre esquerda e direita… Imagine-se um cenário com a direita (“liberal”, passe a incongruência…) dotada de visão idealista do “estado fora de tudo” mas com o lastro realista de ir passando atividade pública para os amigos privados, face a uma esquerda idealistamente a defender um estado eficiente e bem gerido (modelo “nórdico”), embora com o lastro inevitável de algum despesismo “perdulário” entre “companhons de route”… Na verdade um cenário destes, pesem os desvios, mudaria de vez a política (básica, “fácil” e maniqueísta) para a tornar bem mais interessante e enfocada na competência dos protagonistas e menos na “patine” ideológica original…
    Comentário à margem: começo a notar alguma inveja política por parte da “direita” em relação às governações das “esquerdas”. Calma… Don’t be either lazy or jealous… Para não se repetirem os erros “Coelhistas”…

  3. tina

    “Resta saber agora que diferenças continuarão a existir entre esquerda e direita…”

    1) a direita não desbarata os impostos que tanto custam a pagar aos contribuintes, para salvar bancos
    2) a direita não é desonesta e mentirosa como a esquerda que apregoa medidas anti-austeridade para captar eleitores e acabam por não as tomar.
    3) etc, etc.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.