Heliogábalo

O imperador Heliogábalo chegou ao poder com as manobras traiçoeiras da sua avó Júlia Mesa. Partidário de causas fracturantes, levava uma vida dissoluta (repugnante, mesmo, dizem alguns historiadores) e prostituía-se no palácio imperial. Para comprar fidelidade e admiração, Heliogábalo dava banquetes e, aos guisados de lentilhas que costumava servir, juntava pedras preciosas. Quando há dinheiro, é fácil arregimentar sabujos. Quando não há dinheiro, não há palhaços. Nessas ocasiões, compramos pipocas e assistimos, divertidos, à desilusão daqueles que julgavam poder comer fartamente na mesa do «império».

6 pensamentos sobre “Heliogábalo

  1. Por acaso acho o Heligábalo um personagem muito interessante.

    As “manobras da Júlia Maesa” incluiram uma guerra cívil em pequena escala. E na realidade, ele seria talvez o filho e logo herdeiro direto do imperador Caracala, que foi deposto por Macrinus (e quem ele por sua vez depôs). A avó dele foi instrumental quer para o início quer para o fim do seu reinado, foi ela quem o fez matar e substituir. O importante é que isto aconteceu quando ele tinha entre 14 e 18 anos (quando o mataram). Entretanto arranjou tempo para casar 5 vezes (uma das vezes com uma vestal).

    Mas pergunto-me se os problemas e a reputação sobre a vida “dissoluta” não terá tido mais a ver com a tentativa de alterar as leis no respeitante à religião, e coisas como colocar mulheres no Senado. Causas fraturantes… A verdade é que, tal como aconteceu frequentemente na antiguidade (ver Akenathon no antigo egipto) tentativas de um autocrata mudar a ordem estabelecida em termos sociais e religiosos geralmente só são bem sucedidas se ele viver muito tempo…

  2. Dário

    Costa tem todo o estofo para ser um Heliogábalo. Não lhe faltam a arrogância, a sede de poder, o ódio a quem o contraria, o despesismo e a incompetência. E pode desgraçar mais pessoas que o imperador romano, visto que o estado moderno tem um poder sem paralelo na história universal.

  3. Dário

    Costa Heliogábalo:
    – Como Heliogábalo, também Costa chegou ao poder pela usurpação;
    – Como Heliogábalo, também Costa é devoto das causas “fracturantes”;
    – Como Heliogábalo, também Costa não perderá a oportunidade de gastar rios de dinheiro para comprar apoiantes ou apenas para se exibir.

  4. Euro2cent

    Os senadores republicanos sempre forma muito dados ao assassinato, senão físico, então pelo menos de caracter.

    “Sic semper tyrannis”, é o uivo desses chacais.

  5. Luís Pereira

    Já dizia o Coelhone: “Quem se mete com o PS leva”. E um dos novo reciclados ministros tem como prazer máximo “malhar na direita”. E aquele historiador do BE que agora aparece como comentador televisivo, com a barriga entre suspensórios, lembrou há dias uma coisa que me pareceu sinistra, e em que pouca gente terá reparado. Lembrou que o Cavaco Silva lhe lembrava o Sidónio Pais. Como sabem, o Sidónio morreu assassinado…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.