No Fio da Navalha

O meu artigo no jornal ‘i’ de ontem.

Empresários, Estado e mercados

O director adjunto do “Expresso”, João Vieira Pereira, escreveu há dias sobre os empresários que têm ficado calados com a tentativa de Costa de chegar ao governo com o apoio do PCP e do BE.

Se há sector em que se sentem os malefícios da intervenção do Estado é nas empresas. Há décadas que os grandes empresários e as grandes empresas se habituaram a um Estado que os protege da livre concorrência. Tirando os pequenos e médios empresários, que, esses sim, lutam diariamente para conseguir mais clientes, a confusão entre as grandes empresas e o poder político torna-as uma pequena caricatura do que poderiam ser.

Mais que empresários aprecio mercados livres. Sendo o mercado a soma das escolhas que fazemos todos os dias, a sua deturpação através de decisões políticas é uma limitação da nossa liberdade. E como existem tantos mercados quantos os produtos, tantos mercados quantas as pessoas, os mercados são arbitrários e duros. Naturalmente, apenas um empresário muito bom, ou que goste do desafio, prefere não ser protegido apesar de com isso prejudicar a maioria.

Por isso o poder político deve ser imparcial. Deve saber que favorecendo uns empresários prejudica outros e os consumidores. O problema é que também os políticos querem ter influência e nada mais fácil que consegui-lo com o apoio daqueles que se deixam ir. E quando isso sucede o espírito crítico e a liberdade de protesto desaparecem. É aqui que a conivência com o socialismo silencia até os mais poderosos.

4 pensamentos sobre “No Fio da Navalha

  1. Georgina Santos Monteiro

    Citação:
    “Por isso o poder político deve ser imparcial. […]”

    a. Esse poder não existe. Uma armadilha.

    b. Proibir os comunistas.
    c. Proibir o socialismo.

    d. E depois resolver os restantes problemas.

    e. Os bons fazem tudo bem.

    f. É injusto culpar os bons.

    g. E aqueles, que dentro do PSD cooperaram com o (falso) Sócrates deviam ser expulsos. Na teoria.

    h. A teoria é muito bonita, diz a prática.

    i. Não é pelos liberais, que o poder político deve ser imparcial. Isso é de brincadeiras. O paradigma de sempre falar a verdade e ser justo (no mais pequenino) é cristão e NÂO ATEU. Esses, os últimos actuam no ar, sem carroçaria! E instruir os outros para libertar o mundo, para nada serve. Todos são inteligentes hoje em dia. Diz o ditador em liberade (ver PCP, e o burro e macaco Miguel Tiago).

  2. Excelente artigo que põe o dedo na ferida! socrates e outros sãoa prova viva disso. o ac conhecido por ser um enorme mentiroso luta desesperadamente para salvar o ps nacional (leia-se os parasitas que parasitam o proprio ps) da ruina financeira. Só no poder é que vai conseguir controlar o dinheiro/favores que pode evitar a abancarrota. Mesmo que para isso tenha de destruir o ps das bases.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.