Exclusivo: as linhas do acordo entre comunistas e socialistas

PCP

Econoima e Aparelho Produtivo.

Soberania, Política Externa e Defesa.

Pertence ao actual secretário-geral comunista a frase:  “valeu e vale a pena empunhar estas bandeiras, hoje e sempre por Portugal, pelos portugueses, com Portugal e com os portugueses. Também assim e agora a rasgar as alamedas do futuro no chão alicerçado por Abril.”  A frase é retirada da parte final do discurso de Jerónimo de Sousa, em 2006,  no Pavilhão Atlântico, na campanha das Presidenciais.

O Partido Comunista Português (PCP) – o mais moscovita-estalinista dos partidos comunistas da Europa, há muito que não ganha qualquer eleição a concorrer enquanto PCP. As que tem  “ganho”, aconteceram no âmbito autárquico como FEPU, APU e com a actual CDU. Enquanto partido conservador- comunista, o título do seu programa político não podia ser e estar mais adequado. Intitula-se “Uma   Democracia Avançada – Os Valores de Abril no Futuro de Portugal”. Presume-se que o Abril, se reporte ao moderno ano de 1974.

Após a falência e derrocada do comunismo na Europa de Leste,  houve necessidade de purgar os elementos menos ortodoxos, cabendo a alguns deles a abertura de novos movimentos de participação cívica-comunista-na-realidade-mas-com-outro-nome ou mesmo  a integração de outros dissidentes em partidos neo-comunistas como o PS..

Tendo em conta as primeiras linhas do acordo político que O Insurgente revela entre os derrotados das últimas eleições legislativas, enganaram-se todos aqueles que afirmavam que seria impossível firmar um acordo da Frente Unida de Esquerda. Ou que seria mais plausível um acordo de legislatura baseado no entendimento democrático e popular com o governo da Coreia do Norte do que com qualquer outro movimento de esquerda mais reaccionário. O Presidente da Câmara de Loures poderia até ter dado uma mãozinha solidária naquela “germinação”. No futuro próximo, oportunidades não faltarão.

Avante, camaradas de todas as estirpes o palco é vosso. A falência será nossa.

2 pensamentos sobre “Exclusivo: as linhas do acordo entre comunistas e socialistas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.