Nicles

Pese embora a encenação que pretendeu criar António Costa é forçado a reconhecer que não tem uma solução governativa maioritária.

“É ao Presidente da República que cabe fazer o juízo do melhor caminho a seguir, mas julgamos que estão criadas as condições de estabilidade para o PS formar governo e ter apoio maioritário na Assembleia da República para garantir essa estabilidade”

14 pensamentos sobre “Nicles

  1. maria

    E esta passagem? Diz o quê?
    “O argumento de Costa é simples: diz que por um lado há um governo que tem apoio maioritário no Parlamento e que por outro há um governo que não tem condições de assegurar essa maioria. Mas perante este cenário, Costa diz que cabe sempre a Cavaco “decidir”. Mas lembra que, ao fazer contactos com os vários partidos, cumpriu aquilo que tem sido sempre pedido pelo Presidente, “cultura de compromisso e diálogo para garantir estabilidade”.

  2. maria

    E isto quer dizer o quê?
    “Catarina Martins, à saída da reunião com Cavaco Silva, reiterou as palavras de António Costa e voltou a frisar que “estão criadas as condições para um governo que não tenha Passos Coelho e Paulo Portas”, ressalvando que se trata de uma “alternativa estável”.”

  3. maria

    E isto quer dizer o quê?
    Catarina Martins, à saída da reunião com Cavaco Silva, reiterou as palavras de António Costa e voltou a frisar que “estão criadas as condições para um governo que não tenha Passos Coelho e Paulo Portas”, ressalvando que se trata de uma “alternativa estável”.

  4. Lufra

    Também não percebo o que pode significar um acordo quer verbal quer escrito entre o PS e o BE. Ainda estão muito longe de serem uma maioria!

  5. Jorge

    O Costa vai ter de derrubar o governo da coligação que ganhou as eleições e será responsabilizado pelo que vier a seguir. Olhem para a Grécia e antevejam o futuro de Portugal, não daqui a dois anos, mas daqui a menos de um. O melhor que podia acontecer ao PSD e CDS era o Costa conseguir formar Governo com apoios do BE e do PCP à la carte. Pontuais. Vai comer o pão que o diabo amassou. Com a situação económica cada vez mais degradada, o eleitorado saberá dar a maioria absoluta ao PSD/CDS. Basta que estes tenham uma postura de Estado, moderada e construtiva.

  6. Jorge

    A estratégia golpista do Costa é suicida. Vai deixar o centro completamente em aberto. Quem vai beneficiar é o PSD que irá atrair esse eleitorado, Calma, pessoal de direita, as coisas não são tão más como parecem.

  7. JS

    Este sistema eleitoral para a AR é um contra-senso.
    Os chefes continuam a peruar a sua sede de poder, secundarizando os recém nomeados/eleitos.

    Por outro lado um PR (que nem estava na história de estas eleições) e que constitucionalmente até pode (vai) ser amanhã ultrapassado pela AR …

  8. JP-A


    O Rei dos Açores e Padroeiro dos Estaleiros de Viana do Castelo na TV adotou um caminho que é mais ou menos assim: nós temos um acordo, mas primeiro indigitem-nos que daqui a uns dias a gente apresenta-o, porque agora não se pode dizer os pormenores! 🙂

  9. Jorge,

    Está a falar do Costa, do Jerónimo e da Martins. Tudo demonocratas (grafia intencional!) exemplares.

    Com eles no governo, terá uns problemas em discordar com eles. Não por eles terem alguma razão.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.