Corbynomics apoiada

JC

De acordo com a última tendência a Corbynomics é moderada e humana. O fanatismo está na austeridade. Quem o diz é a Academia.

Leituras recomendadas: Retratos de mais um messias canhotoJeremy Corbyn: o messias na graça dos deuses do proletariadoJeremy Corbyn and Daniel Hannan on Socialism

10 pensamentos sobre “Corbynomics apoiada

  1. oscar maximo

    Isto é tudo uma questão de modas. Claro que sáo os mesmos que mais defendiam os 3Rs (reduzir, reutilizar e reciclar) que agora são contra a austeridade.

  2. Gaius Octavius

    O fiasco do governo Syriza e a convocação de eleições antecipadas na Grécia parece ter enviado aos esquerdistas britânicos um sinal de mudança que dá força para seguir a mesma linha.

    Pois então que continuem, para a frente é o caminho, e mesmo que sejam novamente humilhados nas eleições que deram a vitória aos conservadores, o problema resolve-se outra vez com uma ainda maior radicalização à esquerda. E assim sucessivamente, de radicalização em radicalização, até à penúria final!!

  3. A. R

    A esquerda está numa profunda crise! Ainda não percebeu que o fanatismo de causas fracturantes de minorias que vem explorando e tudo o resto que oferecem, e o seu contrário quando convém, os fazem parecer vendedores de banha da cobra.

  4. Luís

    A Esquerda está desesperada. Pensaram que as novas gerações seriam socialistas mas afinal a mentalidade dos mais novos por essa Europa Ocidental fora parece ser outra. E na Europa de Leste ficaram bem vacinados contra o comunismo.

    Em Espanha parece que o Podemos é mais popular entre os pensionistas que entre os jovens. Tal não sucede com o Ciudadanos…

    A Esquerda ainda não percebeu que para vencer eleições no futuro tem de virar à Direita e não ao extremismo… assim como a Direita já percebeu que teria de ceder nos costumes (divórcio, gays, nacionalismo, drogas leves) para ganhar votos a Esquerda terá de ceder no campo económico.

    Curiosamente quem mais clama contra Passos no nosso país parecem ser os pensionistas da função pública… e se Costa vencer será graças a esses votos.

  5. É preciso andar muito distraído ou ser muito obcecado para não ver que todos os sinais apontam para o colapso de um regime que subjuga o Homem à Economia – o nosso.
    É uma questão de tempo.

  6. Andre

    “que subjuga o Homem à Economia”

    Faz lembrar a demagogia de “as pessoas não são números”.
    O Homem É a Economia, e fingir o contrário resulta na sangria lenta que se vê na Venezuela e Coreia-do-Norte.

  7. João de Brito,

    Não sei se sabe, mas economia é um substantivo abstracto. É a soma de todas as interacções de bens e serviços produzidos pelos homens.

    A sua atitude detesta essas interacções, especialmente as livremente decididas, e nunca produziu senão miséria. Diga-me então: se os países capitalistas são assim tão maus, porque é que são estes que têm crise de imigração e não de emigração?

  8. João de Brito

    FMC,
    muito boa noite!
    Talvez os imigrantes venham:
    1. responsabilizar-nos pela desestabilização que provocamos nos seus países de origem;
    2. reclamar a parte a que têm direito e de que foram espoliados pelo desequilíbrio nas trocas comerciais (é que “a soma de todas as interacções de bens e serviços” quase nunca é justa, pelas razões conhecidas).

  9. Andre

    FMC,

    “(é que a soma de todas as interacções de bens e serviços quase nunca é justa, pelas razões conhecidas).”

    Que anedota.
    Toda e qualquer troca voluntária entre adultos em plenas faculdades é justa por definição.
    Vou mais longe, não há outra definição de justiça.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.