Manipulação de informação: um caso prático

O Público demonstra mais uma vez uma criteriosa selecção dos dados a destacar

O título: Novas inscrições nos centros de emprego voltam a subir

o gráfico:

insccentemp

Como perguntava o João Caetano Dias: Qual a principal conclusão do gráfico?

12 pensamentos sobre “Manipulação de informação: um caso prático

  1. JP-A

    Sobre este assunto recomenda-se a audição do discurso de hoje do Costa Concórdia, em que ele começa por demonstrar, afirmando-o, que a câmara de Lisboa foi um exemplo para o país. Só não deu foi os pormenores. O pobre coitado mudou agora de tática e faz flashbacks seletivos a 2000 e 2007. O discurso, tipo “As Lições do Tonecas”, é de uma qualidade confrangedora para candidato a PM – gostava de o ouvir expressar-se como PM em inglês ou espanholês, porque deve ser espetacular, mas infelizmente é pouco provável.

  2. Rogerio Alves

    Este artigo (ou a sua conclusão, mais exatamente) eleva o nível (já elevado) da manipulação de informação que a nossa CS nos habituou. Faz escola!

  3. BGracio

    Além de fazer o headline que dava jeito, remetendo para o texto a constatação de que afinal o desemprego desceu 12% face ao ano anterior, há mais um aspecto que o Público não soube / não quis constatar: alteração da composição das estatísticas de emprego.

    Ora, se o número de novos inscritos aumentou, mas o número total de inscritos diminuiu, isso significa que a duração média do desemprego estará a diminuir (digo “estará” porque o relatório do IEFP não apresenta, incompreensivelmente, esta estatística).

    Mais objectivo é o facto de, no número total de pedidos de emprego, estar também a diminuir o número de “ocupados”, o que curiosamente contraria as declarações do Costa Concórdia, quando referiu que a descida do desemprego se devia ao “regime de emprego e inserção”. Depois do salutar escrutínio mediático das declarações do Primeiro Ministro, seria útil escrutinar também as declarações do candidato a Primeiro Ministro.

  4. maria

    Retirar o gráfico e “esquecer” a informação no texto, é esperteza ou parvoíce? Mais 53 mil inscrições em relação a 2014, em relação ao mesmo mês. Os 6% nada têm a ver com os números em destaque no círculo. Mais uma vez discurso redondo (e não plano)

  5. maria

    Relativamente à compensação: o desemprego aumentou ou diminuiu?; a emigração aumentou ou diminuiu? …

  6. M. Coquim

    Trata-se de mais uma manipulação rasteira de um conjunto de dados, tão bizarra no modo como malévola no alcance!…
    A manipulação da informação, seja em que sentido for, tem o efeito declarado de pôr muita gente para além do bem e do mal. Ora, isso significa, quase sempre, muito aquém da inteligência!
    Teixeira de Pascoaes, a este respeito, costumava perguntar : sem a estupidez dos penedos, que seria do nosso espírito?!…

  7. Fernando

    … Que já recuperámos de muito mal que o Governo fez à economia, mas ainda estamos pior, em termos de desemprego, do que em 2011 (antes de este Governo entrar)?…

  8. lucklucky

    Sim de facto Fernando.A Alemanha de 1947 tinha mais destruição que a Alemanha de 1939. Culpa obviamente dos ocupantes e colaboracionistas.

  9. “estamos pior, em termos de desemprego, do que em 2011” !!!!
    Ainda há pessoas que pensam que quando um governo inicia funções, o que está para trás pode ser esquecido. Mas a democracia é assim, muda-se o governo, mas temos todos de assumir os efeitos da governação anterior. Nesse aspecto, muitos dos políticos (e partidos) que nunca foram governo são mestres (da ilusão) e, pelos vistos, alguns bloguistas.

  10. Romeiro Ferreira

    Alguém sabe a evolução do número de empregados? Sem se saber a variação da população activa residente, os números podem ser interpretados de várias maneiras.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.