Neocuba

Welcome. We're open for business.
Welcome. We’re open for business.

Este artigo publicado na New Yorker sobre uma nova Cuba, uma Cuba emergente, merece uma reflexão daqueles que, em pleno 2015, ainda duvidam dos méritos da liberdade económica para a prosperidade e criação de riqueza. Bastaram tímidos esforços de Raúl Castro no sentido de estabelecer direitos de propriedade para que os resultados comecem a brotar.

To a visitor, Havana appears much the same as it has for decades––people at loose ends, distressed buildings—but there has been an explosion of small private enterprises and, with them, pockets of encouraging prosperity. For the first time since the sixties, when Castro declared a “revolutionary offensive” to “eliminate all manifestations of private trade,” Cubans are being allowed to take charge of their material lives. People are better dressed; there are more cars on the road; and everywhere there are new restaurants and bars and hostels, where Cubans rent rooms to foreign visitors. In early April, Airbnb announced the launch of Cuban operations.”

Isto demonstra aquilo que muitos teimam em não aceitar — a melhor forma de combater a pobreza não é com o assistencialismo do Estado Social. Isso apenas a perpetua. É deixando as pessoas saírem da pobreza. E para isso o Estado tem de sair da frente.

Créditos: artigo sugerido por José Manuel Fernandes na mailing list do Observador.

Um pensamento sobre “Neocuba

  1. Jose

    Curioso, nem um inútil dos que se dizem de esquerda a comentar isto, qualquer dia não têm para onde ir lutar pela suas ideias, lol

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.