A Grécia e o modelo venezuelano

Greek television station owners have reacted to government announcements that the number of licenses to operate will be reduced, while there will be a competition for licensing from scratch.

3 pensamentos sobre “A Grécia e o modelo venezuelano

  1. Miguel Noronha

    A TDT sofre com a concorrência do cabo que já tem uma penetração considerável. Mesmo assim acho que o governo devia apenas limitar a entradas de novos competidores ao cumprimento de requisitos técnicos básicos sendo o licenciamento automático desde que estes fossem cumpridos.

  2. MIguel Noronha,

    Na era da Internet, a TDT é irrelevante. Tendoi isto sido dito, dou-lhe inteira razão.

    A TDT não sofre com as limitações tradicionais do espectro. Largas centenas de canais podem ser carregados na plataforma. Se não se carregam é porque o lobo é o encarregado de vigiar os cordeiros. Um lobo que recebe entre 50 e 100 euros por casa que escolhe o seu próprio serviço de cabo.

    Não imagino que a CMTV ou o Económico TV ou a RTP memória viessem a ser prejudicadas em estarem cingidas ao cabo. Se estão, veja os acordos que se formam para que lá estejam.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.