Portugal não precisa de políticos a fazer economia!

Renato Santos no Diário Económico

Ao PS, PSD, CDS, PCP… pede-se apenas que deixem a economia funcionar e que reorganizem as funções do Estado, para que haja equilíbrio entre o que recebe e o que gasta, para que a carga fiscal desça. Basta! Portugal não precisa de políticos a fazer economia!

3 pensamentos sobre “Portugal não precisa de políticos a fazer economia!

  1. Luís Lavoura

    É virtualmente impossível os políticos não fazerem economia.
    Por exemplo, se os políticos decidem modernizar substancialmente o aeroporto do Porto, estão a estimular a instalação lá de uma base da Ryanair e o desenvolvimento exponencial do turismo no Porto.
    Se os políticos decidem construir uma via férrea ligando diretamente Sines a Espanha, estão a potenciar o desenvolvimento do porto de Sines. Se, pelo contrário, decidem não construir essa via férrea (e construir outra coisa qualquer), então estarão a estrangular o porto de Sines.
    Se os políticos decidem vender a TAP a um gajo qualquer, estão a influenciar a economia. Se no entanto requerem que esse gajo tenha uma nacionalidade europeia (como de facto exigem), então estão a distorcer a economia.

  2. Joaquim Amado Lopes

    Luis Lavoura,
    Em primeiro lugar, os políticos não constroem nada. Mandam construir com o dinheiro dos outros.

    Em segundo lugar, se a modernização do aeroporto e a construção da via férrea são assim tão bons para a economia (por potenciarem a criação de valor pelas empresas que beneficiarão dessas infraestruturas), não será necessário os políticos tirarem o dinheiro às empresas e às pessoas para modernizar ou construir seja o que fôr. Haverá de certeza quem, na mira de lucrar com a utilização dessas infraestruturas, avançará com o dinheiro. Mas com algumas diferenças.

    Para os políticos, acaba por ser indiferente se o investimento é mesmo assim tão bom porque os resultados só aparecerão muito mais tarde. Como o dinheiro não é deles nem respondem pelos maus investimentos, a tentação é fazerem tantos investimentos quanto seja possível, até porque dessa forma multiplicam as oportunidades para “fazer amigos” que não deixarão de “corresponder” na altura (com comissões pelo “serviço público” prestado) ou mais tarde (com cargos bem remunerados nas respectivas empresas).
    Os investidores, pelo contrário, respondem pelos resultados dos investimentos com o seu próprio dinheiro e/ou carreira.

    Ou seja, os políticos têm todos os incentivos para usarem mal o dinheiro dos contribuintes e os investidores têm todos os incentivos para usarem bem o seu próprio dinheiro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.