Também quero um monopólio privado

Pedro Pita Barros

A propósito da intenção de cobrar 20 (vinte) euros como bandeirada mínima nos táxi a partir do Aeroporto. O argumento (aqui) é que os motoristas estarão fardados e o carro terá ar condicionado. A reacção de um governante, “Como modelo não me parece mal. Ainda me parece melhor se resultar de um acordo alargado” (Sérgio Monteiro, Secretário de Estado dos Transportes) deixou-me numa primeira leitura espantado, esmagado mesmo. Assim de repente pareceu-me que era obrigar os consumidores (os viajantes que chegam às chegadas do aeroporto da Portela) a consumir um produto que não querem forçosamente (motorista fardado, carro com ar condicionado, tarifa a condizer) a um preço para o qual não lhes dão alternativa.(…)

Depois de reflectir conclui que estava errado, e que não se tratava de criar um monopólio privado. Afinal deve-se ser favorável à iniciativa privada. Sendo assim decidi aderir à ideia, e participar nela. Sendo requisito que o carro tenha motorista fardado e ar condicionado a funcionar, reclamo ser entidade fiscalizadora das condições de cada táxi antes deste apanhar o passageiro para verificação das exigências legais, em situação de exclusividade. Pelos meus serviços cobrarei 10 euros por viatura inspeccionada, acrescido de um subsídio de risco de 1,5 euros, caso o taxista não queira deixar o local na circunstância de não ter as condições legais preenchidas para o exercício da actividade e se exalte (enfim, sabemos que não é provável, afinal está fardado, mas ainda assim, é melhor prevenir). Apenas a minha empresa (a constituir) será certificada para a prestação deste serviço. Acresce ainda 1 euro ao serviço para pagar à ANA a disponibilização das instalações para os funcionários que procederão à verificação de cada veículo.

14 pensamentos sobre “Também quero um monopólio privado

  1. Fernão Magalhães

    Capitalismo: Lisboa (aeroporto) -> Porto: 10 euros pela Ryanair (~300km ~60min)
    Socialismo: Lisboa (aeroporto) -> Campo Grande: 20 euros pelo TAXI (~10km ~15min)
    aqui se vê muito bem qual dos dois beneficia mais o povo ou os que estão no poder….

  2. tina

    Não há direito tratar assim as pessoas e os turistas!… Espero que alguém submeta esta proposta à UE, vai ser chumbada de imediato. Se essa medida passar, vou começar a furar os pneus dos táxis no aeroporto.

  3. Tina,

    «Se essa medida passar, vou começar a furar os pneus dos táxis no aeroporto.»

    Não é necessário. Basta que se vá de Metro até à estação mais próxima e dali se apanhe um taxi para o destino que se quiser a tarifas normais.

    Nada mais resulta no mercado livre do que deixar de usar serviços monopolistas pelas suas alternativas.

  4. manuel lie sousa

    => É a política do “vale tudo” para conseguir faturar “faustosamente”. Será esta forma inteligente na promoção do turismo?

  5. Luís Lavoura

    Basta que se vá de Metro até à estação mais próxima e dali se apanhe um taxi para o destino que se quiser

    Em rigor, nem isso é preciso – pode ir de transportes coletivos até ao destino final.

    O aeroporto de Lisboa está hoje bem servido de transportes coletivos, ninguém que os conheça minimamente precisa dos táxis para nada.

  6. Manuel Coquim

    Nós os portugueses somos especialistas em auto-flagelações! Sendo o turismo a nova galinha dos ovos de ouro, logo tratamos de a depenar. E ainda há quem acuse este governo de ser liberal. O que seria se não fosse?!…

  7. jo

    Ainda bem que privatizaram a concessão do aeroporto. Porque empresas privadas nunca participarão em esquemas destes.
    Isso é coisa dos socialistas das empresas públicas.

  8. Luís Lavoura

    Sendo o turismo a nova galinha dos ovos de ouro, logo tratamos de a depenar.

    Isso é a Lei da Oferta e da Procura: sempre que vires uma galinha de ovos de ouro, depena-a. É a lei básica do mercado livre: se uma coisa tem muita procura, então o preço dela deverá subir.

    Não é uma lei de uma economia socialista, portanto.

  9. tina

    “Porque empresas privadas nunca participarão em esquemas destes.”

    Pois é, a ANA prometeu desembolsar ela própria a taxa turística pois não via maneira como cobrar os turistas, e depois veio o Porto também pedir ajustes, e agora eles têm de ir buscar o dinheiro a algum lado. Ou seja, a taxa turística vai também acabar por ser paga pelos próprios residentes em Portugal.

  10. Nuno

    Estavam tão preocupados com o Uber que decidiram copiá-lo.

    Só que a flat fee de 20€ do Uber para o aeroporto só se aplica ao Uber Black, em que não só o motorista está fardado (e sabe falar inglês), mas os carros são novos de gama alta.

    No Uber X uma viagem de 15km e 30min fica por menos de 15€. E se o motorista resolver endrominar muita gente rapidamente deixa de conduzir para a Uber.

  11. Manuel Coquim

    Luís Lavoura,
    Eu não falava de economia; referia-me, tão só, aos nossos traços identitários. Historicamente somos assim: cultivamos o bota-abaixismo nacional. Lembrar-se-à certamente daquela expressão do Eça ” o país é uma choldra ignóbil”. Ou daquele episódio em que D. Carlos, ainda príncipe, no final de uma visita à Exposição Universal de Paris, no verão de 1889, ao entrar para a carruagem que o havia de trazer a Lisboa, terá exclamado para os seus acompanhantes: ” cá voltamos nós à nossa piolheira.” Quer melhor caracterização?

  12. lucklucky

    “”Sendo o turismo a nova galinha dos ovos de ouro, logo tratamos de a depenar”

    Isso é a Lei da Oferta e da Procura: sempre que vires uma galinha de ovos de ouro, depena-a. É a lei básica do mercado livre: se uma coisa tem muita procura, então o preço dela deverá subir.

    Não é uma lei de uma economia socialista, portanto.”

    Que parte da palavra MONOPÓLIO o Luís Lavoura não entendeu?
    Monopólio é o contrário de Mercado Livre.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.