Will President Rand Be Good for Liberty?

Will President Rand Be Good for Liberty? por Jeffrey A. Tucker:

There is something about politics that elicits a faux sense of certainty. No matter how many times that political action contradicts political promise, we still mostly pretend as if we know for certain what will happen when so and so wins. We know that Jim would be better than Jane, that Joan will be better than John, and so on. How do we know? By what they say in the campaign and nothing more. But the truth is that rhetoric is not decisive.

.. No single elected official has the power to change the system. The system is, in fact, largely unelected and unappointed. The bureaucracies are massive. The cumulative regulations and legislation that empowers them are monumentally complex, impossible for any single mind or any one generation to comprehend. The process of reform is messy, structured so that the special interests with the most lose get decide where it goes. It is highly unlikely that this process will result in an overall net good for the cause of human liberty.

This is why there seems to be so little relationship between promised results and actual results. Reagan was going to cut the budget. It doubled and then tripled. Bush was going to have a humble foreign policy. Instead, we went empire-building. Obama was going to break down the prison state and empower minorities. Instead, he grafted the surveillance state to the existing architecture of oppression.

One way to think about government is as a giant corporation with its own interests to better its position and power. The president is the CEO. How do you do a good job and earn the support of the stockholders and customers? Not by cutting the budget, driving down the stock price, and pulling back its market share. Everything that hurts government as an institution will be resisted at all levels and in every conceivable way. You win by boosting the prospects of the state.

This is why it is such an enormous and implausible effort to use the presidency to enhance liberty. Everything we know about government pushes against this .. we do well to keep in mind that politics is more about cosmetics than reality.

5 pensamentos sobre “Will President Rand Be Good for Liberty?

  1. JS

    Boa análise processo político, com Rand ou com outro candidato ao poder político, “near you”.
    A primeira fase sim, é reconhecer que no processo político existe (desenvergonhada) demagogia nas promessas dos candidatos.
    A segunda será, sería, estudar as melhores soluções, para tentar corrigir os eventuais erros de esse processo, e implementá-las.
    A terceira é constatar que as “novas” soluções adquirem rapidamente a mesmíssima tonalidade, a anterior patine, pela simples exposição dos seus elementos ao clima.

  2. Euro2cent

    Não faz mal, o processo auto sustenta-se quase sem “input” do alegado “people”.

    36% de votantes em 2014.

    Os donos não vêem a hora de os substituir a todos por robots. Ou quase todos, ainda precisam de uns criados aqui e ali.

  3. Manuel Lopes Rocha

    Discordo desta análise porque me parece que o seu autor – Jeffrey A. Tucker – se esquece de um ponto essencial: Rand Paul, pelas suas ideias e por circunstâncias familiares, não concorre para ganhar. Concorre, isso sim, para centrar o debate político em questões que lhe são caras, como foram ao pai Ron – a limitação dos poderes do Governo Federal, a reformulação do sistema fiscal, com ênfase particular na descida de impostos e a política externa – assim como para influenciar o programa do futuro candidato Republicano à Presidência. De facto, apesar de Rand Paul ter sido considerado o político mais interessante dos últimos tempos na política americana e ter sido objecto de reportagem de publicações reputadas como o New Yorker e a Time, a verdade é que Rand representa uma facção que, por mais importante que seja, nunca será maioritária no GOP. Mais: é quase impossível um presidente da ala libertária vir a ganhar uma eleição nacional, em particular contra adversários de peso como Hillary Clinton ou, quem sabe, Elizabeth Warren.

    Mais: Rand Paul, por mais interessantes que sejam as suas ideias (e, pessoalmente, revejo-me em grande parte delas) e por mais que a sua base de apoio seja muito activa, dificilmente conseguirá sozinho agregar o voto das minorias mais importantes nesta eleição: os hispânicos (convém lembrar que Ted Cruz já está na corrida e provavelmente Marco Rubio irá juntar-se) e o eleitorado negro (ao qual Paul já piscou o olho, fazendo alusão às questões raciais no seu discurso, com uma interessante citação de Martin Luther King). Acredito que Rand terá mais condições do que o pai alguma vez teve para disputar uma eleição, mas duvido que, com o programa que apresentou e com a orientação do seu discurso, seja verdadeiramente um candidato para ganhar.

    Em suma, não estamos perante um candidato como foram Cain ou Bachmann em 2012, fenómenos de popularidade no Partido Republicano pelo seu carácter controverso e que, após algumas gaffes, se eclipsaram por completo; pelo contrário, Rand tem um programa completo, diferente e é fiel às ideias que defende. Mas penso que não é um candidato que acredite, decididamente, que irá mudar – como parece sustentar o autor – o sistema a partir da presidência pelo simples facto de que Paul não é um candidato para ganhar, mas sim para influenciar e para colocar as suas ideias na linha da frente do programa republicano.

    Seja como for, valerá a pena seguir esta candidatura, em particular para aqueles que se identificam com as ideias liberais – Paul é, provavelmente, o político hoje que melhor as defende.

  4. AA

    MLR, não me parece que Rand se contente só em apregoar as ideias, as quais aliás têm sido bastante /originais/. Seja como for, o Jeffrey Tucker não está a falar da campanha, mas da eventualdade do Rand lá chegar. (“President Rand”).

  5. Pingback: More Cosmetics Than Reality – Kafka In Amadora

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.