O Insurgente goes international

Está já a funcionar a versão em inglês do Insurgente. O blog “The Portuguese Insurgent” pode ser visitado aqui. Também pode seguir o novo blog no Facebook e no Twitter.

No post inaugural tentei fazer um breve resumo da história política e económica de Portugal para por a par leitores menos conhecedores da realidade portuguesa:

(…)After achieving independence from Spain in 1640, Portugal started its most prosperous period in history. This prosperity was then interrupted when Napoleon decided to attack in early XIX century. The royal family moved to Brazil, a move that started the economic and political decline that lasts until today. The royal family liked Brazil so much that some decided to stay, even after Napoleon was gone. Soon after, they declared Brazil an independent kingdom.

The departure of the royal family to Brazil and subsequent independence led to a century long political and economic crisis. The kingdom was so fragile that no one really noticed when Portugal became a Republic in 1910. Instability continued. The cost of achieving political and financial stability was a heavy-handed conservative dictatorship led by a finance university professor who led the country for 36 years. For some years, the economic and financial decline halted, but at the expense of heavy political repression.

The fight against the right wing dictatorship was led by communists supported by the Soviet Union, and by socialist freelancers.(…)

Ler o resto aqui

4 pensamentos sobre “O Insurgente goes international

  1. Luís Barata

    O ditador é o que dita as leis. No governo de um só há monarquia ou tirania.
    Não me leve a mal, mas a sua interpretação da história é marcadamente socialista, como quando refere que a partida dos reis e a independência do Brasil foram as causas da crise política e económica.

  2. carlos

    “The departure of the royal family to Brazil and subsequent independence led to a century long political and economic crisis. The kingdom was so fragile that no one really noticed when Portugal became a Republic in 1910. ”

    Portugal nunca teve Revolução Indústrial e o período de ouro – se com isso quer dizer a afluência do ouro do Brasil – já tinha passado em 1810.

    Depois, disso, parece ignorar todas as lutas civis, o liberalismo (com o fontismo) e o império africano.

    D. Carlos tinha prestígio europeu e se ler um “apanhado” dos jornais europeus da época verá que o assassinato deste e a república, dois anos depois, tiveram grande repercussão internacional, mesmo em Inglaterra, que tinha dado licença para que a república fosse proclamada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.